Busca avançada
Ano de início
Entree

Confiabilidade e validade de construto de medida brasileira de adesão medicamentosa

Processo: 19/22874-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2020
Vigência (Término): 31 de maio de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Médico-cirúrgica
Pesquisador responsável:Roberta Cunha Matheus Rodrigues
Beneficiário:Fiama Demitria Santana da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Enfermagem. Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Cardiologia   Doença crônica   Adesão à medicação   Confiabilidade   Reprodutibilidade dos testes   Inquéritos e questionários   Estudos de validação   Análise demográfica   Coeficiente de correlação de Pearson

Resumo

A adesão aos medicamentos constitui complexo comportamento no âmbito do tratamento das doenças crônicas não transmissíveis. Com o objetivo de contribuir para uma medida acurada de adesão foi criado na cultura brasileira o Instrumento de Avaliação Global da Adesão Medicamentosa - IAGAM. O IAGAM apresentou validade de construto convergente parcial e valores satisfatórios de sensibilidade e especificidade, porém sua confiabilidade não foi testada. Este estudo tem por objetivo, estimar a confiabilidade, no que se refere a equivalência da medida, e a validade de construto convergente por meio da concordância com a versão brasileira do Brief Medication Questionnaire - BMQ, quando aplicado a pacientes em uso de anticoagulante oral (ACO) em seguimento ambulatorial. Farão parte deste estudo, pacientes em uso de ACO acompanhados no Ambulatório de ACO de hospital universitário do interior do estado de São Paulo. Serão obtidos dados de caracterização sociodemográfica e clínica e de adesão medicamentosa por meio da aplicação da versão brasileira do BMQ e IAGAM. Após a aprovação pelo Comitê de Ética, a coleta será realizada, por meio de contato telefônico, em dois momentos, com intervalo de 15 dias entre as coletas. Os dados serão analisados por meio de estatística descritiva e pelo coeficiente Kappa e coeficiente de correlação de Spearman ou Pearson. Será adotado nível de significância igual a 5%. (AU)