Busca avançada
Ano de início
Entree

Gênese de estruturas pedogenéticas em solos urbanos e seus reflexos sobre a condutividade hidráulica

Processo: 19/03576-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2020
Vigência (Término): 31 de outubro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geografia Física
Pesquisador responsável:Sheila Aparecida Correia Furquim
Beneficiário:Jéssica Rafaela da Costa
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Gênese do solo   Pedologia

Resumo

As ações humanas interferem nos processos de formação dos solos em meios urbanos principalmente pela introdução de materiais antrópicos, alterando suas características morfológicas, físicas, químicas e/ou mineralógicas. A estrutura do solo é uma das características morfológicas mais atingidas pelas atividades antrópicas, sendo que sua destruição ou degradação pode afetar significativamente o ciclo hidrológico. O objetivo do presente trabalho é demonstrar a atuação de processos pedogenéticos relacionados ao desenvolvimento de estrutura e sua influência sobre a condutividade hidráulica em solos urbanos. Para tanto, foi a descrição e coleta dos solos em campo e têm sido realizadas uma série de análises, mais especificamente micromorfolologia; escaneamento das estruturas do solo por Multi-stripe laser triangulation (MLT); determinação da condutividade hidráulica saturada; densidade aparente; densidade do solo; granulometria; diâmetro médio ponderado; índice de estabilidade de agregados; porosidade total; argila dispersa em água; grau de floculação; pHH2O e pHKCl; cátions trocáveis (Na+, K+, Ca+2, Mg+2); acidez potencial e carbono orgânico; identificação de microplásticos; Microscopia eletrônica de varredura (MEV) e espectroscopia de energia dispersiva (EDS). Os solos foram classificados conforme a WRB, os dados micromorfológicos e do MLT foram interpretados através de softwares de tratamento de imagem e os dados físicos e químicos serão tratados por análises estatísticas descritivas e fatoriais. A condutividade hidráulica será relacionada com as feições de estruturas presentes nos solos e os demais dados gerados. Espera-se encontrar variabilidade de arranjos estruturais e graus de desenvolvimento, bem como dos valores de condutividade hidráulica na camada superficial, em decorrência da heterogeneidade dos materiais antrópicos.