Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do desempenho e bem estar de bezerras F1 Gir x Holandes sob condições de enriquecimento ambiental ou contato tátil

Processo: 20/07161-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de junho de 2020
Vigência (Término): 09 de novembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Pesquisador responsável:Anibal Eugênio Vercesi Filho
Beneficiário:Catiúcia Oliveira Miranda
Instituição-sede: Instituto de Zootecnia. Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Nova Odessa , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/20346-2 - AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO E BEM ESTAR DE BEZERRAS F1 GIR x HOLANDÊS SOB CONDIÇÕES DE ENRIQUECIMENTO AMBIENTAL OU CONTATO TÁTIL, AP.R
Assunto(s):Serotonina   Hidrocortisona   Ocitocina   Expressão gênica   Cruzamentos genéticos   Bem-estar

Resumo

Tem havido, por parte da sociedade, uma preocupação crescente em relação ao bem-estar e o comportamento de espécies de interesse econômico. No caso de bovinos de leite, os bezerros são separados de suas mães logo após o nascimento e isso tem levado a questionamentos por parte da sociedade quanto ao sistema de criação destes animais. Este experimento empregará dois tipos de manejo em dois ambientes diferentes, buscando verificar o reflexo dos mesmos sobre as características de crescimento, saúde, bem-estar e comportamento de 44 bezerras F1, provenientes do cruzamento de touro da raça Gir Leiteiro com vacas da raça Holandesa. Os embriões sexados de fêmea foram implantados e devem nascer em outubro de 2018. O delineamento experimental será um fatorial 2x2, sendo dois ambientes (com e sem enriquecimento ambiental) e dois manejos (com e sem estimulação tátil). Serão mensuradas características de crescimento (pesos e medidas corporais), de saúde, de comportamento e as fisiológicas, como a frequência cardíaca, dosagens hormonais de cortisol, ocitocina. Será realizada a expressão dos receptores de ocitocina, cortisol e serotonina. A análise da expressão dos receptores de cortisol (GR), ocitocina (OTR) e os receptores de serotonina (HTR2A, HTR1B, HTR4) nos leucócitos será realizada pela técnica de RT-PCR. As características que possuem distribuição normal serão analisadas por meio de modelos lineares mistos e as que não apresentarem distribuição normal, principalmente as de frequência de ocorrência de determinados comportamentos ou as de escores, serão analisadas por procedimentos lineares generalizados (GENMOD, SAS 9.3).