Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação de condições ideais para ensaios de mucoadesão in vitro em mucosa bucal de suínos

Processo: 20/00730-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Michelle Franz Montan Braga Leite
Beneficiário:Laryssa Moura Dias
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Anestesiologia   Liberação controlada de fármacos   Biodisponibilidade   Mucosa bucal   Mucoadesão   Suínos   Técnicas in vitro

Resumo

Sistemas mucoadesivos de liberação de fármacos têm sido amplamente investigados para a administração tópica de fármacos sobre as mucosas, sobretudo a mucosa bucal. Esses sistemas oferecem como vantagem o aumento do tempo de contato do fármaco com a mucosa bucal que é altamente vascularizada, e assim, podem aumentar a biodisponibilidade do fármaco no sítio de ação, evitando os efeitos do metabolismo hepático de primeira passagem. Desta forma, tais sistemas têm possibilitado tanto o tratamento local de dor, condições inflamatórias e infecções oro-dentárias, quanto o tratamento de patologias sistêmicas por essa via de administração. Nesse contexto, a avaliação da mucoadesão de formulações tópicas é uma metodologia in vitro que tem sido amplamente empregada utilizando diversos métodos, especialmente, a avaliação da força de destacamento por meio de um analisador de textura. No entanto, esta metodologia possui diversas variáveis instrumentais que podem afetar os resultados fazendo com que seja difícil comparar diferentes estudos. Portanto, o objetivo do presente projeto é determinar a condição operacional que resulte em maior capacidade mucoadesiva in vitro de uma formulação de uso tópico bucal comercial em mucosa jugal de suínos fresca, bem como a determinação de valores de referência para futuros estudos. Deste modo, um planejamento estatístico 2 elevado a 3 composto de 11 ensaios (oito pontos experimentais e 3 pontos centrais) será realizado com o intuito de avaliar a influência da variação das condições operacionais, tais como velocidade da sonda, tempo de contato e força de contato, nas propriedades mucoadesivas chamadas pico da força mucoadesiva e trabalho de mucoadesão. Tais propriedades serão mensuradas utilizando o equipamento analisador de textura TA.XT. Plus Stable Micro Systems e calculadas através do software Exponent. Assim, pretende-se otimizar esse método de análise de mucoadesão e estabelecer valores de referência dos parâmetros de mucoadesão a fim de contribuir com o desenvolvimento de novos sistemas mucoadesivos de administração de fármacos para uso tópico em mucosa bucal para o tratamento de diversas condições, especialmente na área de Odontologia.