Busca avançada
Ano de início
Entree

Evolução cromossômica, diversidade genética e história demográfica em espécies do gênero Pyrrhulina (Characiformes, Lebiasinidae)

Processo: 19/25045-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de junho de 2020
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2024
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Marcelo de Bello Cioffi
Beneficiário:Renata Luiza Rosa de Moraes
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia evolutiva   Peixes   Characiformes   Lebiasinidae   Diversidade genética   Evolução cromossômica   Evolução cariotípica   Sequenciamento de nova geração   Citogenética

Resumo

Embora os peixes tenham sido tradicionalmente objeto de estudos evolutivos comparativo, por conta do tamanho diminuto, a família Lebiasinidae por muito tempo foi pouco explorada citogeneticamente, possivelmente por conta das dificuldades de se obter boas preparações cromossômicas. No entanto, esse cenário tem apresentado mudanças significativas em virtude das contribuições iniciais da proponente do presente projeto realizadas durante sua Iniciação Científica, a partir de análises citogenéticas clássicas e moleculares realizadas em quatro espécies do gênero Pyrrhulina. Os resultados evidenciaram para uma grande variação cariotípica presente no grupo acompanhada por mudanças significativas na quantidade de heterocromatina, padrão de distribuição famílias multigênicas e na presença de um sistema de cromossomos sexuais múltiplos em apenas uma das espécies analisadas. Desta forma, o presente projeto pretende analisar a diversificação cromossômica/genômica ocorrida no gênero Pyrrhulina onde serão enfocadas análises cromossômicas e genômicas comparativas em outras espécies do gênero, com foco nos processos de evolução cariotípica ocorrido neste grupo de peixes. Além disso, as distâncias genéticas das espécies examinadas serão avaliadas por genotipagem usando o sequenciamento de nova geração (DArTseq). Os dados também permitirão uma investigação ampla a respeito da influência do desenvolvimento de sistemas de cromossomos sexuais múltiplos na diversidade genética, na redução do fluxo gênico e consequentemente no processo de especiação. Por fim, os resultados fornecerão uma imagem clara da diversidade genética presente entre as espécies e modelos demográficos que possam explicar a colonização das bacias serão elaborados, esclarecendo a atual distribuição geográfica deste grupo. (AU)