Busca avançada
Ano de início
Entree

Experimentos observacionais e simulações de Partículas Biológicas Aerossóis Primárias (PBAP): interações em nuvem

Processo: 20/01728-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2020
Vigência (Término): 30 de junho de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Pesquisador responsável:Fábio Luiz Teixeira Gonçalves
Beneficiário:Luciano Machado Tomaz
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Microbiota

Resumo

Neste estudo será efetuado tanto laboratório como observações em campo durante diferentes estações do ano (verão, inverno e primavera) nos dois locais selecionados (Arceburgo, MG e Barracão, PR) na atmosfera do sul do Brasil, serão realizadas. O comportamento de dispersão dos PBAPs será identificado a partir de diferentes alturas da superfície, incluindo torres de fluxo e vôos de balão, de acordo com o Projeto PBAP. Experimentos e modelagem serão realizados para avaliar a distribuição vertical e as fontes do PBAP.c. Objetivos* Amostra de balão e solo, bem como coleta e análise de amostras de água da chuva;* Analisar estudos de laboratório e de campo do projeto para determinar o comportamento de atividade de congelamento (atividade IN de partículas biológicas) através da PORTABINA dos bio-aerossóis coletados de diferentes dispositivos, como MAS-100, Burkard, Dust-track e Handvol .;* Auxiliar o biólogo da equipe nas análises de DNA: marcadores / corantes fluorescentes e / ou análises por citometria de fluxo etc .;* Utilizando REA para calcular os fluxos IN através da atmosfera .;* Quantifique a concentração do perfil vertical de PBAP para fornecer aos modeladores os valores de entrada para os modelos de nuvem das várias espécies de PBAPs, realizando testes de sensibilidade;* Calcular as emissões da duas regiões brasileiras para avaliar a porcentagem de emissões que estão realmente ativas e desenvolver um conjunto de dados completo que possa ser usado como entrada em modelos atmosféricos investigar o efeito destas áreas para PBAPs. (AU)