Busca avançada
Ano de início
Entree

Os signos "nação", "ódio" e "resistência": uma análise dialógica de posicionamentos políticos brasileiros

Processo: 19/23742-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2020
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Filosofia da Linguagem
Pesquisador responsável:Luciane de Paula
Beneficiário:Fábio Augusto Alves de Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Assunto(s):Signo linguístico   Dialogismo   Diálogo   Valores (psicologia)   Discurso político

Resumo

Este projeto, cujo embasamento teórico-metodológico está calcado nos estudos bakhtinianos, volta-se a discursos veiculados nas redes sociais que refletem e refratam posicionamentos políticos, a partir dos signos ideológicos "nação", "ódio" e "resistência". O objetivo é compreender, por meio da análise desses três signos-chave, os embates oriundos de vozes sociais divergentes, no contexto da disputa política eleitoral de 2018 e início do recém governo federal, em 2019. Para tal, embasa-se nas noções de dialogia, signo ideológico, voz social, enunciado e translinguística. Os termos em questão são tomados como arena/discurso de digladiação de juízos de valor. Por meio deles, pretende-se discutir como os processos de significação e valoração são construídos e materializados na/pela linguagem. Os três signos tomados para análise circulam nas redes sociais e o Facebook e o Instagran são as plataformas de onde foram retirados, em virtude do grande número de visualizações e compartilhamentos. A justificativa desta proposta é a relevância social de se pensar sobre o quadro vivido e a contribuição teórica, uma vez que se propõe a refletir sobre fenômenos contemporâneos de linguagem e sobre sociedade, bem como compreender como o discurso político e suas formas de ressignificação surgem e tomam vida própria nas redes sociais e ultrapassam essa dimensão para, via ironia, sátira e outros processos discursivos, de certa forma, inferir na constituição de uma sociedade e de uma cultura inteira.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)