Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise comparativa da sobrevida dos pacientes em hemodiálise vs diálise peritoneal e identificação dos fatores associados ao óbito

Processo: 19/25724-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2020
Vigência (Término): 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Daniela Ponce
Beneficiário:Carolina Aparecida de Almeida
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Insuficiência renal crônica   Diálise peritoneal   Diálise renal   Sobrevida   Análise qualitativa comparativa (QCA)   Regressão de Cox   Estudo observacional

Resumo

A doença renal crônica (DRC) é um problema de saúde pública global e suas taxas de incidência e prevalência vêm aumentando. Há vários estudos que comparam os desfechos clínicos de pacientes tratados por diálise peritoneal (DP) e hemodiálise (HD), e a maioria deles é divergente, não sendo constatada a superioridade de um método em relação ao outro. Além disso, são escassos os estudos que consideraram o início não planejado da diálise. Objetivos: Estudar comparativamente a sobrevida dos pacientes em HD vs DP, e identificar os fatores associados à pior sobrevivência da população de pacientes em tratamento dialítico. Métodos: Estudo observacional, longitudinal, retrospectivo e prospectivo que acompanhará pacientes incidentes em DP e HD de modo planejado e de início urgente em unidade de diálise de hospital terciário de janeiro de 2014 a janeiro de 2019. Serão incluídos pacientes maiores de 18 anos e coletados dados clínicos e laboratoriais desde o início da terapia até o desfecho clínico (transplante, óbito, mudança de método). Em seguida, os dados serão analisados e comparados por meio de programas estatísticos. Serão definidas como variáveis dependentes a ocorrência de óbito, complicações infecciosas e mecânicas. Para os pacientes em DP, também será definida como variável dependente a falência da técnica. Curva de Kaplan Meier e log-rank test serão utilizados para comparar o tempo de sobrevida dos pacientes e da técnica. Serão considerados eventos censurados: óbito, transplante renal, mudança de método ou recuperação de função renal. Regressão de Cox será utilizada para determinar os fatores associados às complicações dialíticas mecânicas e infecciosas, bem como à sobrevida dos pacientes e técnica, utilizando-se o método Stepwise. Serão selecionadas para regressão de Cox, as variáveis que em análise univariada apresentarem p<0,1. A diferença estatisticamente significante será considerada significativa para p <0,05.