Busca avançada
Ano de início
Entree

Alteração da regulação transcricional através de um modelo de deficiência seletiva do receptor CD36 no neuroepitélio nasal

Processo: 19/23476-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2020
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Isaias Glezer
Beneficiário:Tamirez Villas Boas Petrucci
Instituição-sede: Instituto Nacional de Farmacologia (INFAR). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Antígenos CD36   Receptores   Transdução de sinais   Lipídeos   Dieta hiperlipídica

Resumo

Receptor CD36 é uma molécula multifuncional envolvida em funções celulares diversificadas, na qual se destaca a internalização celular e utilização de ácidos graxos. A expressão de CD36 em uma subpopulação de neurônios sensoriais olfatórios é recente e faltam estudos para entender o papel fisiológico desta molécula no sistema nervoso. Recentemente, foi demonstrado que a ausência de neurônios olfatórios promove uma resistência à obesidade induzida por uma dieta rica em gordura, e que essas manipulações no olfato impactam o metabolismo. Diante disto, propomos investigar o efeito da exposição à dieta hiperlipídica na expressão gênica dos neurônios olfatórios na ausência funcional do CD36 de forma célula-específica (neurônios olfatórios). Com este objetivo, utilizaremos camundongos Cd36 Omp gerados no laboratório, os quais serão submetidos à dieta hiperlipídica. Os animais desta linhagem serão testados inicialmente para a confirmação da ausência seletiva de CD36 por técnicas histológicas e de biologia molecular (detecção proteica e mRNA). Após a confirmação da eficiência da estratégia genética, os animais serão submetidos às dietas e o neuroepitélio nasal será coletado posteriormente para análise transcriptômica por sequenciamento de RNA. Os resultados poderão revelar o papel do CD36 nos neurônios olfatórios através da expressão gênica modificada pelo consumo da dieta, bem como um possível papel no controle metabólico geral exercido por este sistema de sinalização. Desta forma, pretendemos encontrar novas funções do CD36 através do estímulo sensorial dos lipídios da dieta e sua associação a uma resposta biológica. A proposta também permite contribuir com o entendimento do impacto de dietas no sistema sensorial, ou ainda do sistema olfatório sobre o metabolismo. (AU)