Busca avançada
Ano de início
Entree

Acromegalia e gravidez: revisão sistemática

Processo: 20/04818-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2020
Vigência (Término): 31 de maio de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Vania dos Santos Nunes Nogueira
Beneficiário:Thainá Oliveira Felicio Olivatti
Instituição Sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Endocrinologia   Gravidez   Acromegalia   Meta-análise   Revisão sistemática   Bases de dados científicos   Análise de dados   Estudo observacional
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Acromegalia | gravidez | meta-análise | revisão sistemática | Endocrinologia

Resumo

Acromegalia é uma doença crônica causada pelo excesso de produção do hormônio do crescimento (GH) e consequentemente do fator de crescimento semelhante à insulina tipo 1 (IGF1). Embora alguns estudos tenham publicado novas e relevantes informações sobre a associação da acromegalia com a gravidez, todas as variáveis envolvidas ainda não foram estudadas, especialmente as relacionadas com a segurança para as mães e conceptos. Objetivo: O objetivo desta revisão é avaliar a associação entre gravidez e acromegalia em relação ao controle da doença e os desfechos maternos e fetais. Métodos: Será realizada uma revisão sistemática da literatura de acordo com a metodologia do Joanna Brigs Institute (JBI), e serão incluindos estudos observacionais em que mulheres com acromegalia engravidaram ao decorrer do tratamento/seguimento dessa neoplasia. Os desfechos maternos primários serão controle bioquímico da acromegalia, frequência de diabetes mellitus, hipertensão e/ou eclâmpsia. Os desfechos dos recém-nascidos serão mortalidade perinatal e baixo peso ao nascimento. Serão elaboradas estratégias de busca adptadas as bases eletrônicas Embase (Elsevier, 1980-2020), Medline (PubMed, 1966-2020), LILACS (Virtual Health Library, 1982-2020) and The Cochrane Central Register of Controlled Trials (CENTRAL - Cochrane). O processo de seleção dos estudos, avaliação do risco de viés e extração de dados serão realizados em pares e independentemente por dois revisores. O controle bioquímico da acromegalia será comparado pré e pós-parto, cuja estimativa de efeito será pelo risco relativo, ou diferença de média, e a meta-análise será realizada por meio do software JBI SUMARI (System for the Unified Management, Assessment and Review of Information). Já para os desfechos frequência de complicaçõe na gravidez, mortalidade perinatal e baixo peso ao nasciemento, a meta-análise será avaliada pelo software STATA, versão 12, comando metaprop. A qualidade da evidência foi gerada de acordo com o GRADE (Grading of Recommendations Assessment, Development, and Evaluation). (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BANDEIRA, DIEGO BARATA; FELICIO OLIVATTI, THAINA OLIVEIRA; BOLFI, FERNANDA; BOGUSZEWSKI, CESAR LUIZ; NUNES-NOGUEIRA, VANIA DOS SANTOS. Acromegaly and pregnancy: a systematic review and meta-analysis. Pituitary, v. 25, n. 3, p. 11-pg., . (20/04818-1)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.