Busca avançada
Ano de início
Entree

O norte brada constituinte: projetos na imprensa liberal no Brasil Império, 1850-1852

Processo: 19/14485-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2020
Vigência (Término): 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Maria Luiza Ferreira de Oliveira
Beneficiário:Wagner Melo de Carvalho
Instituição-sede: Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Guarulhos , SP, Brasil
Assunto(s):História do Brasil Império   Política   Imprensa   Historiografia   Avaliação de projetos   Periódicos   Análise de conteúdo   Análise do discurso

Resumo

A presente pesquisa tem por objetivo mapear e analisar os projetos, as disputas e os discursos de 14 jornais liberais radicais, a maioria deles fundados, de forma significativa, no dia sete de setembro de 1850. As folhas surgiram nas províncias da Bahia, Pernambuco, Alagoas, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Maranhão e agitaram o debate político no país com diversas bandeiras, sendo a principal delas a realização de uma constituinte. A rede de jornais de oposição que se articulou em 1850 ainda é pouco conhecida e não foi detidamente estudada pela historiografia. Pretendemos, assim, analisar esses periódicos entre os anos de 1850 e 1852. O período foi, em geral, caracterizado como um tempo em que os liberais, com a derrota da Revolução Praieira, ficaram resignados à direção saquarema e à manutenção da ordem e modernização do Estado. Acreditamos, ao contrário disso, que o debate político nesse período foi marcado por ampla disputa e pela participação ativa dos liberais. A perspectiva por nós adotada no presente trabalho é a de que as experiências acumuladas durante as revoltas imperiais foram sedimentadas em forma de aprendizado político, produzindo um discurso politizado que ia sendo apurado nos meios impressos das províncias. Buscamos, assim, requalificar o debate sobre as disputas políticas do tempo, e contribuir para um melhor conhecimento das pautas e da atuação dos liberais no Brasil Império. (AU)