Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da infecção de aves (Gallus gallus domesticus) por Salmonella Enteritidis, Salmonella Typhimurium e Salmonella Heidelberg contendo deleção dos genes ttrA e pduA

Processo: 20/06076-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2020
Vigência (Término): 30 de abril de 2023
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Angelo Berchieri Junior
Beneficiário:Daniel Farias Marinho Do Monte
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/03189-0 - Avaliação da infecção de aves (Gallus gallus domesticus) por Salmonella enteritidis, Salmonella typhimurium e Salmonella heidelberg contendo deleção dos genes ttrA e pduA, AP.TEM
Assunto(s):Salmonelose animal   Gallus gallus domesticus   Infecções por Salmonella   Salmonella enteritidis   Salmonella typhimurium   Salmonella heidelberg   Ácido tetratiônico   Propilenoglicóis   Mamíferos

Resumo

Os sorovares denominados paratíficos para aves colonizam muito bem o trato digestório, podendo ou não provocar o paratifo aviário e, por meio de produtos de origem avícola, podem causar infecção alimentar em seres humanos. Provocam inflamação intestinal e nutrem-se dela. Em mamíferos, este processo está associado ao uso do tetrationato (ttr) por salmonelas como subproduto da resposta inflamatória intestinal do hospedeiro. Após produção do tetrationato se torna possível o uso de propanodiol (pdu) como fonte de energia. Assim, a resposta inflamatória intestinal do hospedeiro favorece a multiplicação de Salmonella em detrimento de outros microrganismos, no lúmen intestinal, com consequente colonização e transmissão por via fecal-oral. Salmonella Enteritidis (SE), Salmonella Typhimurium (ST) e Salmonella Heidelberg (SH) estão entre os sorovares paratíficos mais prevalentes, causadores de infecção alimentar, destacando-se que nos últimos anos, SH tem sido muito frequente em frangos de corte e um dos principais responsáveis por recusa de produtos avícolas pela comunidade européia. Este projeto tem como proposta verificar se os genes responsáveis por esse processo, em mamíferos, têm a mesma importância para aves comerciais e se, ausentes, prejudicam a sobrevivência de SE, STM e SH. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SOUZA SARAIVA, MAURO DE MESQUITA; LIM, KELVIN; MARINHO DO MONTE, DANIEL FARIAS; NAVES GIVISIEZ, PATRICIA EMILIA; RODRIGUES ALVES, LUCAS BOCCHINI; DE FREITAS NETO, OLIVEIRO CAETANO; KARIUKI, SAMUEL; BERCHIERI JUNIOR, ANGELO; BRUNO DE OLIVEIRA, CELSO JOSE; GEBREYES, WONDWOSSEN ABEBE. ntimicrobial resistance in the globalized food chain: a One Health perspective applied to the poultry industr. Brazilian Journal of Microbiology, v. 53, n. 1, . (20/06076-2, 18/21301-2)
SARAIVA, M. M. S.; RODRIGUES ALVES, L. B.; MONTE, D. F. M.; FERREIRA, T. S.; BENEVIDES, V. P.; BARBOSA, F. O.; FREITAS NETO, O. C.; ALMEIDA, A. M.; BARROW, P. A.; BERCHIERI JUNIOR, A.. Deciphering the role of ttrA and pduA genes for Salmonella enterica serovars in a chicken infection model. AVIAN PATHOLOGY, v. 50, n. 3, p. 257-268, . (20/06076-2, 18/21301-2, 18/03189-0)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.