Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação comparativa da hiponatremia e hiposmolaridade secundária ao uso de Ringer acetato, Ringer lactato e Ringer lactato modificado como fluido de manutenção durante o transoperatório de cães.

Processo: 20/04270-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2020
Vigência (Término): 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Denise Tabacchi Fantoni
Beneficiário:Fernando Scarazati Tolino
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Anestesiologia   Sódio

Resumo

Cada vez mais o médico veterinário se preocupa com o aprimoramento da fluidoterapia, muitos preferem o Ringer lactato como solução de manutenção ou reposição, principalmente em procedimentos anestésico-cirúrgicos devido a sua semelhança hidroeletrolítica ao plasma do cão. Apesar disso, é considerado uma solução hipotônica (assim como o Ringer acetato), que em humanos já existem estudos que apontam uma relação direta do uso desse tipo de fluido com a redução da concentração de sódio sérica, tendo assim como consequência a diminuição da osmolaridade plasmática do paciente. Visando a busca do fluido ideal, existem diversas pesquisas na medicina, que comprovam a hiponatremia dilucional iatrogênica e ainda propõem uma solução mais similar ao plasma para prevenir tais problemas, porém, na veterinária, faltam estudos que comprovem essa ocorrência e tragam uma solução mais balanceada para o aprimoramento dos cuidados no perioperatório dos animais.Para isso, com base nos dados obtidos em revisão bibliográfica e assumindo que ocorrem hiposmolaridade e hiponatremia no cão com solução de Ringer lactato, 24 animais serão distribuídos de maneira randomizada em três grupos, cada grupo terá 8 animais, sendo 1 grupo receberá infusão de Ringer lactato (GRL, n¹=8), um segundo grupo receberá infusão de Ringer lactato isotônico, com uma concentração de aproximadamente 0,79% (GRI, n²=8) e um terceiro grupo receberá infusão de Ringer acetato (GRA, n³=8), todos para manutenção no transoperatório. Amostras de sangue serão colhidas antes, durante e ao final da infusão, para determinações de pH, glicemia, gases sanguíneos, bicarbonato, lactato sérico, osmolaridade e cálculo de ânion gap.