Busca avançada
Ano de início
Entree

Os papéis do óxido nítrico (NO) e da enzima no sintase induzível na promoção da transição epitelial-mesenquimal em linhagens humanas de tumores de cólon

Processo: 19/12591-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2020
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Metabolismo e Bioenergética
Pesquisador responsável:Hugo Pequeno Monteiro
Beneficiário:Maytê dos Santos Toledo
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/15038-7 - O desenvolvimento tumoral sob a ótica da sinalização celular redox: modulação temporal da produção de óxido nítrico e espécies reativas de oxigênio, AP.TEM
Assunto(s):Transdução de sinais   Transição epitelial-mesenquimal   Óxido nítrico   Neoplasias colorretais   Metástase

Resumo

O Câncer é um conjunto de mais de 200 doenças que se caracterizam por mutações nos genes que regulam a proliferação e a diferenciação, celulares. Uma condição de inflamação crônica caracteriza o desenvolvimento e o estabelecimento dos vários tipos de Câncer, entre eles o Câncer Colorretal (CCR). Além disso, o Óxido Nítrico (NO) e outras espécies reativas geradas nestes processos inflamatórios crônicos parecem desempenhar papel essencial na regulação de vias de sinalização associadas à progressão tumoral em geral e em particular do CCR. Em células normais ou tumorais, duas isoformas constitutivas e uma isoforma induzível das NO sintases (NOS2) produzem NO. Especificamente a produção de NO pela NOS2 tem se mostrado um importante elemento na progressão dos CCR. Nosso laboratório mostrou recentemente que em células de linhagens de CCR, nos estágios iniciais do desenvolvimento tumoral a produção de NO* se encontra reduzida e nas etapas seguintes, onde as células tumorais se destacam de seu sítio primário e migram para os sítios de metástase prevalecem concentrações mais elevadas de NO*. A ativação pelo NO das vias de sinalização canônicas e oncogênicas, EGFR/Ras/Raf/MEK/ERK, Ras-ERK e PI3K-Akt, também já foi documentada. Vários estudos relatam que a ativação destas vias está associada à indução da transição epitelial-mesenquimal (Epithelial-Mesenchimal Transition - EMT), uma das etapas iniciais e essenciais para a progressão tumoral que irá resultar em metástase. Visando melhor compreender o papel do NO/NOS2 nas conexões entre a ativação das vias de sinalização canônicas e oncogênicas acima mencionadas e a indução da EMT em CCR, com este Projeto pretendemos alcançar os seguintes objetivos: (1) determinar os níveis de expressão da NOS2 e a produção de NO por células das linhagens de CCR, SW480 (células tumorais do sítio primário), SW620 (metástase em linfonodos das células SW480) e células SW480 que serão transfectadas permanentemente com cópias adicionais do gene codificador da enzima NOS2; (2) determinar a ocorrência de ativação das vias de sinalização oncogênicas nas três linhagens e sua correlação com: os níveis de expressão da NOS2 e com os níveis de expressão dos marcadores da EMT: os fatores de transcrição: Snail, Slug, Twist1 e Zeb1 e as proteínas N-caderina e vimentina; (3) determinar níveis dos marcadores proteicos da EMT, N-caderina e vimentina; (4) realizar ensaios in vivo para avaliação da EMT e metástase, procurando correlacionar os eventos com os níveis de expressão da NOS2. (AU)