Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação de parâmetros ecocardiográficos em tartarugas-verdes (Chelonia mydas) conscientes ou anestesiadas com sevofluorano

Processo: 20/02439-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2020
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Silvia Renata Gaido Cortopassi
Beneficiário:André Augusto Justo
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Conservação dos recursos naturais   Fibropapilomatose   Ecocardiografia   Anestesiologia   Anestesia   Sevoflurano   Tartaruga marinha   Chelonia

Resumo

Tartarugas-marinhas desempenham papéis emblemáticos na preservação dos ecossistemas marinho e costeiro, porém todas as sete espécies encontradas mundialmente ocupam categorias de risco de extinção. Além de acidentes com veículos aquáticos e da atividade pesqueira, a fibropapilomatose impõe uma ameaça constante à população de tartarugas-verdes (Chelonia mydas), o que demanda anestesia geral inalatória para a exérese dos tumores. Contudo, assim como em outros répteis, a anestesiologia é considerada uma ciência imprecisa em tartarugas-marinhas, havendo pouca monitoração anestésica disponível. Neste contexto, ecocardiografia mostra-se como uma alternativa versátil e dinâmica para a avaliação morfofuncional do sistema cardiovascular de tartarugas-marinhas, tanto na avaliação clínica pré-anestésica como na monitoração transanestésica. Os espécimes de C. mydas selecionados para este estudo encontram-se em tratamento para fibropapilomatose e serão soltos após total reabilitação. Este estudo tem por objetivo descrever a técnica do ecocardiograma e determinar a característica do fluxo sanguíneo dos grandes vasos de tartarugas-verdes conscientes e anestesiadas. O estabelecimento de valores de referência ecocardiográficos em C. mydas avaliará o impacto hemodinâmico da anestesia geral inalatória em relação a animais conscientes, o que certamente influencia na habilidade de manejar a anestesia destes pacientes e propulsiona a anestesiologia em répteis. Além disso, auxiliará no diagnóstico de patologias cardiovasculares à recepção de tartarugas-marinhas em centros de triagem, que atualmente tendem a ser detectados somente durante o exame post-mortem. (AU)