Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinando as propriedades de galáxias hospedeiras de ondas gravitacionais

Processo: 20/03301-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2020
Vigência (Término): 31 de julho de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia - Astrofísica Extragaláctica
Pesquisador responsável:Reinaldo Ramos de Carvalho
Beneficiário:Luidhy Santana da Silva
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas. Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/11156-4 - O que determina o crescimento da massa estelar de galáxias elípticas? Intrínseco ou ambiente: a saga contínua, AP.TEM
Assunto(s):Ondas gravitacionais   Formação e evolução da galáxia   Efeitos ambientais

Resumo

Propomos estudar as propriedades astrofísicas das galáxias que hospedam eventos de ondas gravitacionais (GW), a fim de determinar se existem ambientes preferenciais para esses fenômenos. Vamos nos concentrar nas fusões de estrelas de nêutrons, que produzem emissão curta de raios gama (sGRB), além da radiação gravitacional. Nossa amostra inicial de galáxias compreende 37 hosts sGRB, um dos quais também é candidato a GW. Ao longo do projeto, esperamos aumentar nossa amostra incorporando hosts GW e sGRB recém descobertos. Aplicaremos o método de ajuste de Distribuição de Energia Espectral (SED) para medir propriedades da galáxia, como massa estelar, idade e taxa de formação de estrelas. Também aplicaremos técnicas de medição de densidade no ambiente em torno dessas galáxias. Estudando essas galáxias, responderemos a duas questões importantes: {\bf 1) Qual é o canal de formação dominante para mesclar sistemas binários de estrelas de nêutrons?} E {\bf 2) Existe um tipo preferencial de galáxia ou ambiente habitado por esse tipo de sistema ?} Com uma melhor caracterização de onde esses fenômenos acontecem, será possível selecionar alvos prioritários para pesquisas futuras de eventos GW. Aplicaremos as técnicas de análise ambiental e de ajuste do SED em todas as 500 milhões de galáxias hospedeiras em potencial, a fim de produzir alvos priorizados para pesquisas de GW. A Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) será a instituição anfitriã deste projeto e o Prof. Dr. R. de Carvalho será o supervisor. Ele lidera a equipe brasileira envolvida no projeto de detecção da componente eletromagnética de eventos GW. Os recursos computacionais e conhecimento do grupo liderado pelo Dr. R. de Carvalho serão essencias para alcançar o objetivo deste projeto. Ao longo do meu doutorado estudei os efeitos ambientais sobre a evolucao de galaxias onde técnicas de ajuste de SED de galaxias foram parte importante de todo o trabalho. Neste projeto tal "expertise" será de extremos valor. Esperamos que em um curto período tenhamos resultados científicos de grande impacto, dado a própria natureza e ineditismo do projeto