Busca avançada
Ano de início
Entree

Arqueologia do colonialismo e da persistência: uma abordagem comparativa das práticas indígenas entre São Paulo (Brasil) e a Nova Inglaterra (Estados Unidos)

Processo: 19/17868-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2020
Vigência (Término): 31 de julho de 2022
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Arqueologia - Arqueologia Histórica
Pesquisador responsável:Astolfo Gomes de Mello Araujo
Beneficiário:Marianne Sallum
Instituição-sede: Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:19/18664-9 - A ocupação humana do Sudeste da América do Sul ao longo do Holoceno: uma abordagem interdisciplinar, multiescalar e diacrônica, AP.TEM
Assunto(s):Colonialismo   Etnografia   Comunidade indígena   São Paulo   Nova Inglaterra

Resumo

Pesquisas sobre colonialismo têm atualmente descontruído as narrativas coloniais tradicionais sobre perda cultural indígena, com o objetivo de mostrar a emergência de práticas e materialidades nos contextos sob políticas coloniais. Antropólogxs, arqueólogoxs e comunidades indígenas têm colaborado para a construção de histórias plurais e multivocais, centradas na persistência de práticas culturais e nas ontologias ameríndias. A partir de uma perspectiva pós-colonial pretende-se investigar as relações entre europeus, indígenas e seus descendentes e a interconexão com a materialidade, comparando dois contextos coloniais: 1) tupiniquins e portugueses em São Paulo (BRA) e a associação entre a cerâmica e a alteridade na apropriação da tecnologia portuguesa; 2) indígenas e ingleses na Nova Inglaterra (EUA) e a persistência identitária diante da mudança material e econômica, especialmente entre os coletivos indígenas da Reserva Pequot oriental. Também irá examinar as perspectivas teórico-metodológicas desenvolvidas na Nova Inglaterra, onde estão investigadores proeminentes sobre o colonialismo e a persistência de práticas. Pretende-se explorar os conceitos de agência, apropriação, transformação, fusão e integração cultural. Outro objetivo é assinalar novas abordagens sobre a trajetória histórica dos objetos e a sua ressignificação nos museus e coleções. A hipótese é que, nos dois casos, a materialidade e as práticas europeias foram apropriadas e transformadas pelos coletivos indígenas, persistindo até a contemporaneidade. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre a bolsa::
No rastro da cerâmica paulista 
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SALLUM, MARIANNE; NOELLI, FRANCISCO SILVA. ``A pleasurable job{''} ... Communities of women ceramicists and the long path of Paulistaware in Sao Paulo. JOURNAL OF ANTHROPOLOGICAL ARCHAEOLOGY, v. 61, MAR 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.