Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos efeitos citotóxicos ou neuroprotetores de peptídeos alterados no sistema nervoso central de zebrafish (Danio rerio) na Doença de Parkinson

Processo: 19/17433-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2020
Vigência (Término): 30 de junho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Leandro Mantovani de Castro
Beneficiário:Louise Oliveira Fiametti
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB-CLP). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental do Litoral Paulista. São Vicente , SP, Brasil
Assunto(s):Doença de Parkinson   Fármacos neuroprotetores   Sistema nervoso central   Interação proteína-proteína   Transdução de sinais   Peptídeos bioativos   Danio rerio   Modelo experimental

Resumo

A doença de Parkinson é a segunda enfermidade neurodegenerativa mais comum mundialmente, afetando cerca de 7 a 10 milhões de pessoas, caracterizada pela perda de neurônios dopaminérgicos, o que leva ao descontrole de movimentos voluntários causando tremores, instabilidade postural, rigidez de articulações e dificuldades de fala e locomoção, entre outros sintomas. Sua causa permanece desconhecida, o que leva a um grande número de pesquisas na área. Um modelo experimental que tem ganhado espaço no meio científico é o zebrafish (Danio rerio), pequeno peixe teleósteo com cerca de 70% de genes homólogos ao humano. Recentemente, trabalhos tem demonstrado a participação de peptídeos intracelulares em outras doenças neurodegenerativas. Nesse contexto, este trabalho tem como objetivo avaliar os peptídeos alterados no cérebro de zebrafish induzidos à condições parkinsonianas quanto à sua ação citotóxica ou neuroprotetora, bem como alvos de interação proteína-proteína e vias de sinalização celular.