Busca avançada
Ano de início
Entree

A revista The New Era (1920-1930): produção e circulação de saberes sobre a educação nova a partir da perspectiva da história transnacional da educação

Processo: 20/00219-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2020
Vigência (Término): 31 de julho de 2022
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação
Pesquisador responsável:Diana Gonçalves Vidal
Beneficiário:Vinicius de Moraes Monção
Instituição-sede: Faculdade de Educação (FE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/26699-4 - Saberes e práticas em fronteiras: por uma história transnacional da educação (1810-...), AP.TEM
Assunto(s):História da educação   Inovação na educação   Educação transnacional   Saberes escolares   Periódicos científicos   Século XX

Resumo

No início de 1920 o cenário educativo internacional viu surgir a revista pedagógica The New Era (TNE), órgão oficial de divulgação da New Education Fellowship (NEF), uma associação internacional em prol disseminação da Educação Nova. Tendo em vista a importância da revista no processo de produção e divulgação dos saberes pedagógicos no contexto da Educação Nova encampados pela NEF, a pesquisa tem como objetivo mapear a produção textual e iconográfica da TNE, entre os anos 1920 e 1930, analisar o seu papel na disseminação de saberes via perspectiva da história transnacional da educação e ampliar as discussões sobre a influência do ramo anglófono no movimento escolanovista brasileiro. Para essa empreitada, a abordagem teórica e metodológica se apoiará nas discussões estabelecidas no campo da história transnacional da educação e sobre imprensa e periódicos pedagógicos; como instrumento para organização, análise e auxílio na inferência dos resultados será utilizado o software ATLAS.ti. Considera-se que a pesquisa irá contribuir para o estabelecimento de pontos de contato e de conexões que permitirão aprofundar as discussões sobre a relação o ramo inglês da NEF e o campo educativo brasileiro. A pesquisa tem como proposta se inserir no projeto temático Saberes e práticas em fronteiras: por uma história transnacional da educação (1810-...), processo FAPESP 2018/26699-4, coordenado pelas pesquisadoras Diana Vidal (IEB e FEUSP) e Carlota Boto (FEUSP), e especificamente, ao eixo 2 do referido projeto temático, Sujeitos e artefatos: movimentos e vestígios, e terá a supervisão da pesquisadora Diana Gonçalves Vidal. (AU)