Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos remanescentes florestais à conservação da biodiversidade

Processo: 20/04759-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de julho de 2020
Vigência (Término): 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Roberta Averna Valente B Tolini
Beneficiário:Diego Ruiz Soares
Instituição-sede: Centro de Ciências e Tecnologias para a Sustentabilidade (CCTS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Sorocaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/21612-8 - Estruturação de processo decisório, visando à priorização de área em Programas de Serviços Ecossistêmicos hídricos., AP.R
Assunto(s):Geoprocessamento   Sensoriamento remoto   Sistema de informação geográfica (SIG)   Conservação da biodiversidade   Recursos hídricos

Resumo

Para o projeto, considerou-se a atual possibilidade de se ter dados de sensoriamento remoto (SR) aéreo (de alta resolução espacial, com possibilidade de repetição temporal), aliada a necessidade de se diagnosticar as condições (status) dos remanescentes florestais à conservação florestal. Assim, para os remanescentes florestais, serão levantados dados fitossociólogicos em campo, os quais subsidiarão o cálculo do Índice de Integridade Biótica (IIB), para cada um deles. Os mesmos fragmentos serão imageados (por drone), permitindo calcular dois Índices de Vegetação (IVs). As análises de correlação, entre IBB e IVs, permitirão dizer se é possível identificar, por meio de SR aéreo, a condição da vegetação florestal nativa à conservação da biodiversidade.