Busca avançada
Ano de início
Entree

O jogo da arte ou a arte em jogo: elites econômicas e o sistema de patronos no MASP e na Pinacoteca

Processo: 20/01180-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2020
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Ana Paula Belem Hey
Beneficiário:Francesco Andrade Tomei
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Grupos sociais   Elite   Pinacotecas   Museus de arte   Filantropia

Resumo

Frente a sucessivas intervenções de grupos de investidores e empresários em instituições culturais, esse projeto visa estudar os grupos sociais e as justificativas utilizadas para as intervenções pelos patronos do MASP e os diretores da APAC, organização social responsável pela Pinacoteca do Estado de São Paulo. Partindo de um referencial da sociologia das elites e da sociologia de Pierre Bourdieu, o trabalho tenta reconstruir o perfil dos conselheiros de ambas as instituições no período 2006-2020 e assim poder reconstruir as estratégias e as justificativas utilizadas por esses no que compreendemos, inicialmente, como uma nova forma de intervenção do campo econômico no campo cultural. Nesse sentido, pretende-se realizar uma análise de correspondência múltipla para reconstruir o espaço dos patronos de ambas as instituições e uma análise de discurso, próxima da sociologia pragmática de Boltanski, para analisar as justificativas utilizadas pelos agentes para essa inovação. A pesquisa pode contribuir não só com aproximações entre a sociologia bourdieusiana e boltanskiana como também aponta novas direções para a análise de um novo mercado de bens simbólicos e da proliferação de discursos "gerencialistas" no âmbito da cultura. (AU)