Busca avançada
Ano de início
Entree

Eficácia de um programa de cessação do tabagismo por meio de incentivo a atividade física diária com pedômetros na manutenção da abstinência: um ensaio clínico randomizado

Processo: 19/21578-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2020
Vigência (Término): 31 de julho de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Dionei Ramos
Beneficiário:Caroline Pereira Santos
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Tabagismo   Abandono do uso de tabaco   Atividade física   Ensaio clínico controlado aleatório   Técnicas, medidas, equipamentos de medição   Acelerometria

Resumo

A literatura nos mostra que as melhores formas de manter a cessação do tabagismo é substituir hábitos ruins por hábitos saudáveis. Nesse sentido a atividade física está relacionada à uma mudança de hábito de vida e que pode ser um importante fator no auxílio do tabagista a manter-se em abstinência e consequentemente ativo. No entanto, apesar de benéfico, ainda não há um consenso quanto à melhor intensidade, frequência e duração do exercício no processo de cessação do tabagismo. Objetivos: Avaliar a eficácia a curto prazo de dois programas de incentivo a atividade física na manutenção da abstinência tabágica. Métodos: Serão incluídos tabagistas pouco ativos (<7.500 passos/dia) confirmados por meio de avaliação por pedometria. Será avaliado o nível de dependência à nicotina e grau de motivação pelo questionário de Prochaska e Diclemente. Monoximetria será feita para a avaliação do monóxido de carbono do ar exalado e espirometria para função pulmonar. Para o nível de atividade física será utilizado pedômetro, e para tempo em atividades sedentárias acelerômetro. Serão randomizados para os grupos: A) 10000 passos/dia (sem controle de intensidade/cadência); B) 10000 passos/dia, sendo esses com pelo menos 30 minutos de intensidade moderada (cadência mínima de 100 passos/min.) e grupo controle. A intervenção terá duração de 12 semanas, momento que serão refeitas as avaliações. Análise estatística: Os dados serão submetidos ao teste de normalidade de Shapiro-Wilk, sendo expressas em média e desvio padrão ou mediana e intervalo interquartil. Na análise intergrupos será utilizado Análise de Covariância (ANCOVA) com ajuste para idade, sexo, anos-maço e IMC a partir do delta de ganho final (final-inicial). Na comparação intragrupos antes e após o final da intervenção será utilizado teste t de Student pareado para dados normais ou teste de Wilcoxon para dados não normais. Será utilizado o programa estatístico SPSS 22.0, sendo adotado o nível de significância de 5%. (AU)