Busca avançada
Ano de início
Entree

Epibiontes podem evitar contaminação bacteriana em embriões de caranguejos estuarinos?

Processo: 20/06860-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2020
Vigência (Término): 31 de maio de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:Murilo Zanetti Marochi
Beneficiário:Dalila Junqueira Borges
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB-CLP). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental do Litoral Paulista. São Vicente , SP, Brasil
Assunto(s):Microbiologia   Embriologia   Embriogênese animal   Simbiose   Colonização   Decapoda   Ovo   Caranguejo

Resumo

O desenvolvimento embrionário dos Decapoda na câmara abdominal das fêmeas é suscetível às variáveis bióticas e ambientais que podem afetar seu desenvolvimento. A presença de epibiontes associados à superfície dos ovos é uma das variáveis que pode afetar a viabilidade dos embriões. A epibiose bacteriana na superfície dos ovos pode levar a formação de biofilme que inibe o desenvolvimento embrionário com mortalidade precoce dos mesmos. Contudo, a relação positiva dos embriões com epibiontes ainda é pouco conhecida para organismos estuarinos. Tendo em vista que o sucesso reprodutivo é um fator essencial para a manutenção de populações, da continuidade de espécies e o pouco conhecimento sobre o tema, nosso objetivo é avaliar se a presença do ciliado Vorticellidae é benéfica ao desenvolvimento embrionário do caranguejo Leptuca thayeri quando exposto ao contato bacteriano. Para isso será avaliado a taxa de crescimento volumétrico dos ovos, a taxa de eclosão e viabilidade larval entre quatro grupos experimentais: (I) ovos sem epibiontes ciliados e sem inoculação bacteriana (SC), (II) ovos sem epibiontes ciliados e com inoculação bacteriana (SCB), (III) ovos com epibiontes ciliados e sem inoculação bacteriana (CC) e (IV) ovos contendo epibiontes ciliados e com inoculação de bactérias (CCB). Nossa hipótese é que a presença de ciliados epibiontes irá inibir ou reduzir a colonização de bactérias as quais podem ser prejudiciais ao desenvolvimento embrionário do caranguejo. Com esses resultados esperamos elucidar essa lacuna do conhecimento e contribuir para futuras pesquisas com organismos estuarinos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)