Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização dos anéis de crescimento das árvores de jatobá (Hymenaea courbaril L.), cedro (Cedrela fissilis Vell.) e roxinho (Peltogyne paniculata Benth) ocorrentes na Flona-Jamarí, RO, Brasil

Processo: 20/08132-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2020
Vigência (Término): 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica
Convênio/Acordo: National Science Foundation (NSF) e NSF’s Partnership for International Research and Education (PIRE)
Pesquisador responsável:Mario Tommasiello Filho
Beneficiário:Jiúlia Marrafon Della Riva
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/50085-3 - PIRE: educação e pesquisa em clima das Américas usando os exemplos de anéis de árvores e espeleotemas (PIRE-CREATE), AP.TEM
Assunto(s):Clima   Dendrocronologia   Mudança climática   Jatobá   Cedro   Rondônia

Resumo

A presente proposta de pesquisa tem meta a reconstituição da variabilidade e das mudanças climáticas com a utilização de parâmetros anatômicos e físicos de anéis de crescimento de árvores da Floresta Nacional do Jamari no estado de Rondônia na região da monção sul-americana de verão. As elevações das concentrações atmosféricas de CO2 no último milênio estão desencadeando eventos extremos relevantes no clima do planeta. Uma das alternativas para estimar como essas mudanças podem afetar as florestas é através dos registros indiretos alcançados com as análises dendrocronológicas. Embora na região Neotropical as árvores de diferentes espécies têm sido assinaladas como potenciais para estudos dendrocronológicos, ainda existem poucos locais com séries de anéis de crescimento suficientemente longas e aplicadas para a interpretação das variações climáticas. É importante ressaltar que o presente projeto se encontra vinculado ao processo FAPESP: 2018/22914-8 e FAPESP: 2017/50085-3 (US-PIRE and USP) que respondem ao objetivo maior de colaboração e análise conjunta dos registros de espeleotemas e anéis de crescimento, de forma melhor explorar o potencial científico de cada tipo de dado. Esse seria uma estratégia inovadora de pesquisa devido as diferenças nas características espectrais e, portanto, a sensibilidade a diferentes forçantes climáticas. Portanto a análise comparada desses dois registros produzirá uma reconstituição climática mais clara e de maior coerência do clima na América do Sul. (AU)