Busca avançada
Ano de início
Entree

Mecanismos envolvidos na reabsorção renal de proteínas na Hipertensão Renovascular: papel do nervo renal

Processo: 20/02617-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2020
Vigência (Término): 30 de junho de 2024
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Erika Emy Nishi
Beneficiário:Amanda Costa Veiga
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fisiologia renal   Proteinuria   Fibrose   Estresse oxidativo   Hipertensão renovascular   Insuficiência renal crônica   Denervação   Sistema nervoso simpático   Sistema renina-angiotensina   Norepinefrina   Calcitonina

Resumo

Estudos têm mostrado o forte componente neurogênico no desenvolvimento da Hipertensão Arterial (HA) em humanos e modelos experimentais. A denervação renal em pacientes hipertensos resistentes ao tratamento farmacológico é uma estratégia efetiva no controle da Pressão Arterial (PA), a qual tem sido atribuída à interrupção das fibras simpáticas e aferentes renais. Nossos estudos prévios mostraram o papel do nervo renal na manutenção da HA e alterações renais em modelos experimentais de Hipertensão Renovascular e Doença Renal Crônica. Além disso, foi observado redução nos marcadores de fibrose, estresse oxidativo e proteinúria, associada à menor ativação do Sistema Renina-Angiotensina (SRA) Intrarrenal. Níveis elevados de proteinúria, principalmente de albumina, são considerados um fator de risco para doenças cardiovasculares e alterações nos mecanismos tubulares têm sido destacados na lesão túbulo-intersticial. Haja vista a função essencial do nervo renal no controle da função renal, sobretudo na ativação do SRA e reabsorção tubular de sódio, avaliaremos no modelo de Hipertensão Renovascular, tratados ou não com o bloqueio do SRA, se o nervo renal participa dos mecanismos envolvidos na reabsorção tubular de proteínas. Além disso, será analisado in vitro o possível efeito da noradrenalina ou do peptídeo relacionado ao gene da calcitonina (CGRP), associado ou não com o bloqueio do SRA, na reabsorção tubular de proteínas e se a maquinaria endocítica da megalina está associada às alterações dos fatores fibrogênicos, de estresse oxidativo e na expressão dos componentes do SRA em células do túbulo proximal. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MILANEZ, MAYCON I. O.; VEIGA, AMANDA C.; MARTINS, BEATRIZ S.; PONTES, ROBERTO B.; BERGAMASCHI, CASSIA T.; CAMPOS, RUY R.; NISHI, ERIKA E. Renal Sensory Activity Regulates the gamma-Aminobutyric Acidergic Inputs to the Paraventricular Nucleus of the Hypothalamus in Goldblatt Hypertension. FRONTIERS IN PHYSIOLOGY, v. 11, DEC 15 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.