Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de mecanismos de neurotoxicidade de oligômeros solúveis do peptídeo beta-amilóide em culturas de fatias de cérebro humano adulto

Processo: 20/02569-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2020
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Adriano Silva Sebollela
Beneficiário:Giovanna Orlovski Nogueira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Doença de Alzheimer   Cultura de tecidos   Cultura organotípica   Cérebro   Microglia   Peptídeos beta-amiloides   Neurotoxicidade

Resumo

O presente projeto tem como proposta o uso de culturas organotípicas de tecido cerebral humano adulto, preparadas usando tecido obtido de pacientes submetidos a tratamentos neurocirúrgicos no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, como modelo para estudo de alterações moleculares e celulares associados à toxicidade de oligômeros do peptídeo beta-amiloide, e sua relação com a Doença de Alzheimer. As fatias em cultura serão desafiadas com oligômeros solúveis do peptídeo ²-amiloide (A²Os) para avaliação de toxicidade, e do padrão de ativação das células microgliais. Serão avaliadas alterações morfológicas por imunohistoquímica, localização subcelular dos A²Os ligados aos neurônios nas fatias, além da viabilidade celular por ensaios como MTT. Este projeto visa, assim, contribuir com o entendimento de alterações celulares provocados por A²Os em um modelo de SNC humano adulto, além de consolidar nosso modelo de cultura ex vivo como plataforma preferencial para estudo de doenças neurodegenerativas.