Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de associação genômica (GWAS) de comprimentos teloméricos

Processo: 19/24227-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2020
Vigência (Término): 30 de junho de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Leandro Machado Colli
Beneficiário:Jamile Leite Citrangulo
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Oncologia   Polimorfismo de um único nucleotídeo   Telômero   Controle genético   População do Brasil   Estudo de associação genômica ampla

Resumo

Telômeros são estruturas protetoras formadas por repetições não codificantes em tandem de hexanucleotídeos TTAGGGn DNA associadas às proteínas complexas presentes em extremidades de cromossomos, com função de garantir a estabilidade cromossômica. A redução de comprimento telomérico está associada a diversas patologias, incluindo câncer. Estudos de associação genômica identificaram regiões cromossômicas que influenciam o comprimento telomérico em população europeia, mas estudos recentes têm demonstrado que estas regiões podem ser populações comuns ou específicas. Esta informação é fundamental para criação de scores poligênicos de variação telomérica que sejam aplicáveis a população brasileira. Não há estudos que avaliem o componente genético na variação de comprimento telomérico em população brasileira ou miscigenada, o que limita aplicação destes escores preditivos no Brasil. O objetivo deste estudo é identificar regiões cromossômicas associadas com a variabilidade de comprimento telomérico na populacão brasileira. Será realizado estudo de associação genômica contínuo com 1000 indivíduos saudáveis brasileiros para comparar 500.000 SNPs com o comprimento telomérico medido por qPCR a fim de identificar regiões influenciadoras para comprimento telomérico. Adicionalmente, a ancestralidade genética será utilizada para avaliar SNPs população-específicos com comprimento telomérico. Os dados genotipados já existem de controles saudáveis de um GWAS desenvolvido pelo nosso grupo. Espera-se que o estudo permita criar um score poligênico para comprimento telomérico especifico para a população brasileira.