Busca avançada
Ano de início
Entree

Funcionalização de nanocelulose para remediação de metais em sistemas aquáticos

Processo: 20/07796-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de julho de 2020
Vigência (Término): 30 de abril de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Danielle Goveia
Beneficiário:Renan Ramos Araujo
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental de Itapeva. Itapeva , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:19/24684-2 - Funcionalização de nanocelulose para remediação de sistemas aquáticos contaminados por metais tóxicos, AP.R
Assunto(s):Química ambiental   Nanotecnologia   Substâncias húmicas   Rejeitos de mineração   Chumbo   Adsorção (química)   Remediação ambiental

Resumo

Recentemente o Brasil e o mundo presenciaram duas situações críticas de rompimento de barragem de resíduos da mineração, ocorrido nas cidades de Mariana e Brumadinho, ambas em Minas Gerais. Foram despejados no ambiente toneladas de resíduos contendo alto teor de metais potencialmente tóxicos, contaminando o solo e a água de mananciais e nascentes à quilômetros de distância da origem dos rejeitos. Os metais são uma classe diferenciada de contaminantes, pois não são degradados, há na literatura adsorventes para este fim, porém é necessário desenvolver metodologias analíticas partindo de materiais renováveis. Em paralelo a área de nanotecnologia tem crescido vertiginosamente, sendo assim este projeto busca aliar a nanotecnologia aos materiais renováveis, buscando desenvolver um bionanomaterial com elevado potencial de remediação de cromo em sistemas aquáticos. (AU)