Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos translacionais de câncer de cabeça e pescoço na América do Sul e Europa (headspace) / H2020

Processo: 20/09088-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Jornalismo Científico
Vigência (Início): 01 de setembro de 2020
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Convênio/Acordo: União Europeia (Horizonte 2020)
Pesquisador responsável:Maria Paula Curado
Beneficiário:Mariana Giacomini Botta
Instituição-sede: A C Camargo Cancer Center. Fundação Antonio Prudente (FAP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Fundação Antonio Prudente (FAP). A C Camargo Cancer Center, Brasil  
Vinculado ao auxílio:18/26297-3 - Estudos translacionais de câncer de cabeça e pescoço em América do Sul e Europa, AP.TEM
Assunto(s):Diagnóstico tardio   Jornalismo científico   Divulgação científica   Neoplasias de cabeça e pescoço   Epidemiologia

Resumo

O projeto HEADSpAcE aborda dois problemas principais, o diagnóstico tardio e alta taxa de mortalidade associada ao câncer de cabeça e pescoço (CCP), com o objetivo geral de entender suas causas, melhorar a detecção precoce e os resultados clínicos. Os desafios são: (1) identificar as razões para o atraso no diagnóstico em diversas populações, (2) verificar o papel do papilomavírus humano (HPV) no câncer de cabeça e pescoço em diferentes populações, e (3) incorporar novas descobertas relacionadas à genômica do câncer de cabeça e pescoço no prognóstico da doença. Através da proposta e fundos para pesquisa, o HEADSpAcE concordou em implementar uma estratégia de comunicação clara e estruturada. O objetivo principal dessa estratégia é aumentar o impacto do HEADSpAcE por meio de: (1) disseminação extensiva das pesquisas de câncer de cabeça e pescoço de alta qualidade; (2) desenvolvimento e implementação de diretrizes nas vias de atendimento clínico; (3) evidenciar a importância da estratégia de comunicação no trabalho do HEADSpAcE, por meio de um WorkPackage dedicado a essas atividades. No entanto, é importante ressaltar que as atividades de comunicação sustentam todos os WorkPackages do projeto, e se reconhece que todos os parceiros têm um papel a desempenhar em relação à difusão de informações. Os objetivos das estratégias de comunicação são: (1) desenvolver a identidade do HEADSpAcE e desenvolver um plano de comunicação baseado em objetivos claros, incluindo metas, ferramentas para disseminação, cronograma e monitoramento; (2) promover o desenvolvimento, os resultados e as atividades do projeto para a comunidade científica, a mídia, a comunidade clínica, os formadores de opinião, as diversas partes interessadas e o público em geral; (3) disseminar informações e resultados do HEADSpAcE através do site do projeto, mídias sociais e outras mídias eletrônicas; (4) avaliar a implementação de protocolos nacionais e internacionais de tratamento do câncer de cabeça e pescoço na Europa e América do Sul e desenvolver diretrizes clínicas baseadas em informações prognósticas relevantes; (5) organizar reuniões científicas abrangentes com os principais cientistas da área, da Europa, América do Sul e de outras regiões, para apresentar os resultados do HEADSpAcE e estimular novas colaborações. (AU)