Busca avançada
Ano de início
Entree

Perfil lipídico e do transcriptoma do cérebro de suínos alimentados com diferentes fontes de óleo

Processo: 20/10042-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2020
Vigência (Término): 30 de junho de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Pesquisador responsável:Aline Silva Mello Cesar
Beneficiário:Bruna Pereira Martins da Silva
Instituição Sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/25180-2 - Efeito da adição de ácido oléico na dieta de suínos sobre o perfil da resposta imunológica e de ácidos graxos de diferentes tecidos, AP.JP
Assunto(s):Biologia molecular   Melhoramento genético   Lipídeos   Ácidos graxos   RNA mensageiro   Regulação da expressão gênica
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:ácidos graxos | Melhoramento genético | mRNA | Genética, Biologia Molecular e Celular

Resumo

Os lipídios são uma classe de moléculas presentes em todos os tipos de células, contribuindo na estrutura celular, no armazenamento de energia e nas várias funções biológicas, desde a regulação transcricional até os processos fisiológicos. Estudos anteriores mostraram que ácido oleico (AO), bem como outros ácidos graxos, como o ácido linoleico (AL), o ácido docosaexaenoico (DHA) e o ácido eicosapentaenoico (EPA) estão associados à regulação da transcrição de genes em tecidos como músculo, cérebro, fígado, adiposo, monócitos e células mononucleares do sangue. Além disso, os ácidos graxos desempenham papéis importante nas respostas cognitivas, respostas de citocinas, reações inflamatórias e respostas imunológicas específicas e inespecíficas em seres humanos e animais. Devido a importância dos suínos tanto na questão econômica, quanto na questão de pesquisas na área da saúde (animal modelo para estudos científicos em humanos), a espécie (Sus scrofa) foi a escolhida para o estudo. Fatores como alimentação e interações metabólicas influenciam de maneira direta ou indireta na expressão de alguns genes específicos. Dentre os benefícios da utilização de ácidos graxos, destacam-se o uso para aumentar densidade energética das dietas de suínos; melhorar a eficiência geral da alimentação; e podem ser utilizados como coadjuvantes na absorção de vitaminas lipossolúveis, ácidos graxos essenciais e sinalização molecular e seu uso pode reduzir o custo de produção aumentando o retorno financeiro. Dessa forma, é de extrema importância a realização de pesquisas visando a inclusão de diferentes fontes de ácidos graxos na dieta.Para realização do estudo em questão, a criação dos animais foi realizada em colaboração com a empresa DB Genética, no qual as etapas do experimento incluíram: inseminação artificial das matrizes, manejo dos animais, programa nutricional e coleta de dados de desempenho (peso vivo e consumo de ração), bem como dos materiais biológicos (sangue, pelo e fezes). As dietas experimentais utilizadas foram: (1) soja (SOJ): dieta basal com adição de 3% de óleo degomado de soja e (2) canola (CAN): dieta basal com adição de 3% de óleo de canola. Os animais (125 kg de peso vivo médio) foram abatidos após 12 h de restrição alimentar e as amostras de cérebro foram coletadas dentro de 30 minutos, no máximo, após a sangria, imediatamente congeladas em nitrogênio líquido e posteriormente armazenadas a -80°C em ultra freezer. Essas amostras serão usadas para extração de RNAm total.A hipótese deste trabalho é que a inclusão desses óleos na dieta de suínos, na fase de crescimento e terminação, possa alterar o perfil lipídico e perfil transcriptômico do cérebro, afetando vários processos biológicos e possivelmente características fenotípicas dos animais, além de sua correlação com a incidência de doenças. Esses conhecimentos poderão ser aplicados tanto na área de produção animal (melhoramento genético, nutrição e ambiência) quanto na área da saúde animal e do consumidor de carne suína.Outro aspecto de grande potencial deste projeto é a identificação de marcadores moleculares causais candidatos, marcadores moleculares funcionais, a consolidação da importância dos ácidos graxos como imunonutrientes, bem como, a identificação de vias metabólicas candidatas as quais podem ser foco da atuação de drogas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)