Busca avançada
Ano de início
Entree

Contribuição da lipotoxicidade no desenvolvimento de déficit cognitivo no Diabetes mellitus Tipo 2 (DM2)

Processo: 18/26013-5
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2020
Vigência (Término): 30 de novembro de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Ubiratan Fabres Machado
Beneficiário:Rafael Junges Moreira
Instituição Sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/15603-0 - Desvendando mecanismos envolvidos no controle glicêmico e nas complicações crônicas do Diabetes mellitus: contribuições à saúde humana, AP.TEM
Assunto(s):Endocrinologia   Lipotoxicidade   Diabetes mellitus tipo 2   Dislipidemias   Diabetes mellitus   Disfunção cognitiva   Inibidores de hidroximetilglutaril-CoA redutases
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Degeneração neuronal | diabetes | dislipidemias | estatinas | Lipotoxicidade | Endocrinologia

Resumo

O Diabetes mellitus (DM) e suas complicações crônicas são os maiores problemas de saúde pública, tornando-se primordial o aprimoramento de medidas para melhorar o controle glicêmico e reduzir a incidência de suas complicações como as dislipidemias. São alvos do desenvolvimento das complicações, abordados na presente proposta o cérebro (Doença de Alzheimer, DM3), mais precisamente o córtex. Esta proposta tem como objetivo geral desvendar os mecanismos moleculares relacionados ao desenvolvimento de complicações em portadores de DM2 no córtex, e sua possível relação com a lipotoxicidade. Para tal, em camundongos portadores de DM2 tratados ou não com estatina, serão investigadas alterações lipídicas que ocorrem no plasma e no tecido cerebral, grau de atividade cognitiva, e expressão de proteínas que participam dessa fisiopatologia como transportadores de glicose e marcadores de degeneração neuronal. Adicionalmente, a lipotoxicidade será investigada em neurônios em cultura. Para atingir tal objetivo, serão utilizadas as mais variadas metodologias: avaliação cognitiva por meio dos testes de esquiva inibitória e do labirinto aquático de Morris, cultura de neurônios SHSY5Y; técnicas para avaliação de expressão gênica e proteica (RT-qPCR, Western blotting e ELISA); avaliação de lipídios por cromatografia gasosa; e análise em larga escala do perfil lipídico cerebral e neuronal (lipidômica). Espera-se obter uma melhor compreensão de como alterações lipídicas no córtex cerebral podem contribuir para o desenvolvimento do DM3, e apresentar possíveis alternativas de prevenção/tratamento. O presente estudo deverá agregar conhecimentos que enriqueçam de forma notável o conhecimento da área contribuindo de forma significativa para a saúde do portador de DM2. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)