Busca avançada
Ano de início
Entree

Labilidade do carbono do solo e dos agregados em sequências de culturas no sistema de semeadura direta

Processo: 20/05295-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2020
Vigência (Término): 31 de maio de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:José Eduardo Corá
Beneficiário:Jéssica Alves Simielli
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Física do solo   Vegetação   Plantio direto   Manejo do solo   Semeadura direta   Rotação de culturas   Carbono no solo   Delineamento experimental

Resumo

Sendo um dos maiores reservatórios de carbono, o solo deve ser manejado de forma adequada, a fim de reduzir a emissão de gases de efeito estufa, aumentando assim, o carbono orgânico do solo - COS. O sistema de semeadura direta (SSD) contribui para o aumento do COS e, consequentemente, melhorando sua qualidade, sendo a estrutura do solo o atributo que mais é influenciado pelo uso e manejo do solo. O presente trabalho tem como objetivo avaliar a estabilidade em água de agregados do solo e determinar o teor de carbono orgânico e suas frações (carbono orgânico particulado - COP e carbono orgânico associado aos minerais-COAM), em diferentes tamanhos de agregados do solo submetido ao sistema de semeadura direta por 20 anos com diferentes sequências de culturas. O delineamento estatístico foi em faixas com 3 blocos casualizados no esquema fatorial 3x7. Os tratamentos são constituídos de três sequências de culturas de verão: monocultura de milho (MM), monocultura de soja (SS) e rotação soja/milho (SM) com cultivos intercalados de soja e milho ano a ano; e sete culturas de entressafra: milho, girassol, nabo forrageiro, milheto, guandu, sorgo granífero e crotalária, totalizando 21 tratamentos. Adicionalmente, dois tratamentos serão utilizados para comparação com o SSD, sendo eles sistema de preparo convencional do solo (aração e gradagem) e vegetação nativa.