Busca avançada
Ano de início
Entree

Quantificação e caracterização espectroscópica da matéria orgânica dissolvida de solos sob pastagens e sistemas integrados de produção

Processo: 20/04938-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2020
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Ladislau Martin Neto
Beneficiário:João Vitor dos Santos
Instituição-sede: Embrapa Instrumentação Agropecuária. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/20084-5 - Práticas estratégicas para mitigação das emissões de gases de efeito estufa em sistemas de pastagem do Sudeste brasileiro, AP.PFPMCG.TEM
Assunto(s):Química ambiental   Fluorescência   Ressonância magnética nuclear   Matéria orgânica do solo   Sequestro de carbono

Resumo

O Brasil é um país que apresenta uma agropecuária altamente competitiva, sendo o maior produtor comercial e exportador de carne bovina do mundo. Por outro lado, estudos demonstram que o setor pecuário é um dos responsáveis pelo aumento da concentração de gases do efeito estufa (GEE), especialmente através da emissão de gás metano pelos ruminantes, com implicações para as mudanças climáticas globais. Frente ao exposto, novas medidas são necessárias para mitigar a emissão destes GEE, e assim, tornar a prática pecuária mais sustentável. Estratégias têm sido utilizadas, como o emprego de Sistemas Integrados (SI) de produção, com diferentes variações incluindo integração lavoura-pecuária (ILP), integração pecuária-floresta (IPF) e integração lavoura-pecuária-floresta (ILPF), bem como a melhoria de manejo e recuperação de pastagens degradadas. Dados recentes indicam que os sistemas integrados de produção e o manejo adequado das pastagens tem demonstrado a capacidade de sequestrar carbono, seja pela transformação, via fotossíntese, do CO2 em biomassa de árvores, ou pelo aumento do conteúdo de carbono no solo (o que ocorre através do aumento da matéria orgânica do solo), contribuindo de forma direta e indiretamente na mitigação dos GEE. Estudos nesta linha estão sendo desenvolvidos em um amplo Projeto Temático, apoiado pela FAPESP, intitulado "Strategies Practices for Mitigating Greenhouse Gas Emissions in Grassland Systems of the Brazilian Southeastern" (Processo FAPESP 2017/20084-5). A matéria orgânica dissolvida (MOD) é uma mistura complexa de milhares de compostos orgânicos, sendo altamente móvel e reativa no solo. Atua em muitos processos biogeoquímicos, como o ciclo do carbono, além de auxiliar na translocação e imobilização de nutrientes e retenção de metais tóxicos para as plantas. Além disso, estudos já demonstraram que a MOD é significativamente afetada pelo uso da terra, práticas de manejo, bem como fatores climáticos. Sendo assim, a MOD é um componente crucial no balanço de carbono do solo, e o estudo sobre sua dinâmica e estabilidade é de grande importância também para aspectos de fertilidade do solo. Contudo, em solos de áreas tropicais os estudos da MOD ainda são muito restritos. Sendo assim, o objetivo deste projeto visa avançar no entendimento dos mecanismos responsáveis pela dinâmica e reatividade da MOD coletadas em solos sob sistemas integrados de produção, do tipo IPF e pastagens sob diferentes manejos, sendo estas áreas de experimentos previstas no projeto temático apoiado pela FAPESP. Para isto, serão feitas a extração e caracterização química e estrutural da MOD destes solos. Diferentes técnicas serão utilizadas, como as Espectrocopias na região do ultravioleta-visível, de 2D-Ressonância Magnética Nuclear, Fluorescência Molecular Bidimensional e Matriz Excitação-Emissão, e o LIBS ("laser-induced breakdown spectroscopy"), bem como o tratamento dos dados utilizando ferramentas quimiométricas. Além disso, serão utilizados métodos de referência como a Análise Elementar (CHN) e a Espectrometria de Emissão Óptica com Plasma Acoplado Indutivamente (ICP-OES) para calibração e de forma complementar as análises espectroscópicas. Sendo assim, a expectativa é que os resultados deste estudo fornecerão informações importantes para uma melhor compreensão da composição, de aspectos estruturais e reatividade da MOD em solos tropicais em áreas com potencial para sequestro de carbono. (AU)