Busca avançada
Ano de início
Entree

Experimentos de campo para registro de variações culturais em macacos-prego (Sapajus libidinosus)

Processo: 20/10412-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2020
Vigência (Término): 31 de agosto de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Comportamento Animal
Pesquisador responsável:Tiago Falótico
Beneficiário:Andrews Michel Fernandes Oliveira Nunes
Instituição-sede: Instituto de Psicologia (IP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/01292-9 - Variação cultural em macacos-prego (Sapajus spp.), AP.JP
Assunto(s):Primatas   Macacos prego   Comportamento de utilização de ferramentas   Ferramentas   Aprendizagem animal   Aprendizado social

Resumo

A utilização de ferramentas foi observada por muito tempo em algumas populações de primatas, como chimpanzés, orangotangos, cinomolgos e macacos-prego. Ferramentas de pedras percussivas servem para processar e acessar recursos protegidos, como sementes, frutos e moluscos, e também como "enxadas" para desenterrar tubérculos, raízes e invertebrados de suas tocas. Para desentocar pequenas presas, são utilizadas varetas como sondas, as quais são utilizadas como uma extensão do braço para alcançar locais de difícil acesso. Estes comportamentos de manuseio de ferramentas são, ao menos parcialmente, transmitidos através de aprendizado social. Esses comportamentos aprendidos socialmente, disseminados e mantidos numa população ou grupo por certo tempo são chamadas de tradições ou culturas. Para melhor entender as tradições e suas variações no uso de ferramentas por macacos-prego, vamos estudar duas populações, no Parque Nacional de Ubajara (CE) e no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (GO). Serão utilizadas duas caixas-problemas para uso de sondas, uma mais naturalística, feita de madeira/tronco; e outra mais simples, de acrílico. O objetivo principal será identificar se os grupos estudados possuem o comportamento de uso de varetas em seu repertório e se esse é diferente de outras populações. Caso esse comportamento não seja exibido espontaneamente, será apresentada uma situação facilitada (varetas disponíveis) para verificar se e quão facilmente os macacos resolvem a situação. Esta pesquisa está inserida dentro do projeto Jovem Pesquisador "Variação cultural em macacos-prego (Sapajus spp)", que tem como objetivo comparar dez populações de macacos-prego, analisando comportamento (focado em uso de ferramentas), ecologia e genética; tendo assim uma visão abrangente das variações e suas possíveis causas. (AU)