Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação ecotoxicológica de metais potencialmente tóxicos das águas e solo do rio Pirajibú por análises de biomarcadores bioquímicos em girinos de rãs-touro.

Processo: 20/06879-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2020
Vigência (Término): 31 de agosto de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Enzimologia
Pesquisador responsável:Cleoni dos Santos Carvalho
Beneficiário:João Victor Cassiel Ferraz
Instituição-sede: Centro de Ciências Humanas e Biológicas (CCHB). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Sorocaba , SP, Brasil
Assunto(s):Estresse oxidativo   Tecidos   Anfíbios   Compostos químicos   Enzimas   Ecotoxicologia

Resumo

A contaminação ambiental do meio aquático por metais é uma grande preocupação e recebeu considerável atenção nas últimas décadas. Os metais, derivados de operações agrícolas e efluentes industriais, podem chegar a diferentes corpos d'água e produzir efeitos tóxicos em organismos aquáticos e, acumulados na biota aquática, podem representar um problema de saúde de interesse público. O presente estudo pretende investigar a presença de metais [alumínio (Al), arsênio (As), cádmio (Cd), cálcio (Ca), cobalto (Co), cromo (Cr), cobre (Cu), estrôncio (Sr), ferro (Fe), magnésio (Mn), manganês (Mn), molibdênio (Mo), níquel (Ni), potássio (K), selênio (Se) e zinco (Zn)] na água e no sedimento do rio Pirajibu, Sorocaba, SP e no fígado de girinos de rãs-touro, Lithobates catesbeianus e verificar o efeito destes metais nestes organismos. Para tanto a água e o sedimento serão coletados em dois locais do rio (P1 e P2) e os girinos serão expostos a estas águas durante 96h. Para a avaliação dos efeitos serão analisados os seguintes parâmetros no fígado: atividade das enzimas antioxidantes: SOD (superóxido dismutase) e CAT (catalase), níveis de LPO (peroxidação lipídica), PCO (proteínas carboniladas) e da MT (metalotioneína). Os dados serão comparados com mapa de uso do solo e com parâmetros estabelecidos pela resolução CONAMA n° 357 de 2005.