Busca avançada
Ano de início
Entree

A campanha presidencial de Jair Bolsonaro no Twitter: uma análise da proeminência dos valores morais tradicionais como estratégia discursiva

Processo: 20/09292-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2020
Vigência (Término): 30 de setembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política
Pesquisador responsável:Sylvia Iasulaitis
Beneficiário:Isabella Vicari
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Comunicação e política   Campanha eleitoral   Redes sociais de internet   Blogs   Moral   Discurso político   Análise de conteúdo   Análise do discurso   Presidentes

Resumo

O Twitter configura, no cenário contemporâneo, uma importante ferramenta política, posto que que viabiliza a comunicação horizontal entre eleitores e candidatos, permitindo o desenvolvimento de novas estratégias discursivas por parte dos candidatos. A presente investigação tem por objetivo analisar de que maneira o candidato vitorioso na disputa presidencial brasileira de 2018, Jair Bolsonaro, usufruiu desta rede social digital para disseminar ideias, posicionamentos e proposições. Tendo em vista que os valores sociais e políticos que circulam através do servidor de microblogging refletem também as orientações valorativas de uma população, almejamos identificar quais foram os valores empregados por Bolsonaro no decorrer do pleito eleitoral e verificar qual a dimensão valorativa de maior proeminência em seu discurso. Com o auxílio da técnica de Análise de Conteúdo, pretendemos analisar e categorizar um corpus de 809 tweets, previamente coletados da conta @jairbolsonaro no período compreendido entre 22 de julho de 2018 e 27 de outubro de 2018. Os conteúdos serão categorizados de acordo com as quatro dimensões de variância cultural idealizadas por Ronald Inglehart e Christian Welzel: valores tradicionais, em oposição aos valores racionais-seculares, e valores de sobrevivência, em oposição aos valores de auto expressão. Efetuada a categorização, os dois pares de oposição serão transfigurados em dois eixos distintos para que possamos calcular um índice de valores. A partir de uma análise aprofundada dos dados, pretendemos sustentar a hipótese de que, conforme demonstrado em estudo exploratório a respeito do primeiro turno eleitoral, Jair Bolsonaro priorizou os valores morais tradicionais no decurso de sua campanha, embasando uma retórica que apontava para a sociedade brasileira como "deturpada" em virtude da "inversão de valores".