Busca avançada
Ano de início
Entree

Protagonismo dos conhecimentos e práticas etnobotânicas femininas na conservação da biodiversidade: um estudo de caso no assentamento da fazenda Pirituba

Processo: 20/07779-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2020
Vigência (Término): 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Extensão Rural
Pesquisador responsável:Ricardo Serra Borsatto
Beneficiário:Maria Emilia Gomes de Sá
Instituição-sede: Centro de Ciências da Natureza (CCN). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Campus de Lagoa do Sino. Buri , SP, Brasil
Assunto(s):Etnobotânica   Conservação da biodiversidade   Plantas medicinais   Mulheres   Coleta de dados   Entrevista   Relatos de casos   Análise de conteúdo

Resumo

A etnobotânica possui importante papel dentro das relações de gênero como ferramenta fomentadora na manutenção e transmissão dos conhecimentos tradicionais etnobotânicos femininos e, consequentemente na conservação ambiental. Deste modo, a pesquisa estudará o caso da Cooperativa de Plantas Medicinais (Cooplantas), formada por 30 mulheres que cultivam e processam plantas medicinais. O objetivo deste trabalho é identificar e compreender como os conhecimentos e práticas etnobotânicas femininas de assentadas impactam na conservação da biodiversidade. A metodologia aplicada baseia-se em observação participante e entrevistas semiestruturadas aplicadas às mulheres pesquisadas. Após a coleta de dados, utilizando software adequado, a análise do conteúdo será realizada. Espera-se que relações entre os conhecimentos e práticas etnobotânicas das mulheres participantes da Cooplantas e conservação da biodiversidade sejam identificadas afim de reconhecer e aumentar o protagonismo das mulheres no campo.