Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da ecologia microbiana sobre a presença de Listeria monocytogenes e Salmonella sp. em indústrias de processamento de alimentos, formação de biofilmes multiespécies e métodos de controle

Processo: 20/01529-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2020
Vigência (Término): 31 de agosto de 2023
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Inspeção de Produtos de Origem Animal
Pesquisador responsável:Jose Paes de Almeida Nogueira Pinto
Beneficiário:Leonardo Ereno Tadielo
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Prevenção   Microbiologia de alimentos   Resistência

Resumo

O Brasil ocupa amplo espaço no cenário mundial de alimentos, a expansão desses mercados, aliado aos índices de exportações, faz com que as condições sanitárias sejam fundamentais para garantir a segurança dos alimentos e a estabilidade comercial. Dentre os fatores que afetam a inocuidade dos alimentos, os microrganismos patogênicos merecem destaque, pois estão relacionados com a ocorrência de doenças. Listeria monocytogenes e Salmonella sp. apresentam natureza ubíqua, e através disso são encontradas em inúmeros produtos de origem animal e superfícies de equipamentos e utensílios de uso industrial. Tais características podem estar relacionadas com a capacidade de aderir e formar biofilmes em superfícies bióticas ou abióticas, o que confere as células bacterianas proteção, adaptabilidade e resistência aos processos tecnológicos. Dessa forma, entender a ecologia microbiana associada a presença de L. monocytogenes e Salmonella sp. isoladas após os programas de higienização pré-operacional das indústrias, possibilita o diagnóstico dos mesmos nichos ecológicos de sobrevivência, e o conhecimento da ecologia microbiana acompanhante permite mostrar se há sinergismo, competição, antagonismo ou não interferência no desenvolvimento de uma espécie em função de outra. Bem como, através da dinâmica de adesão e formação de biofilmes in vitro, pode-se entender a participação da ecologia microbiana acompanhante na sobrevivência dos microrganismos patogênicos e com isso, validar com maior exatidão testes para prevenção e eliminação de biofilmes.