Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação dos efeitos da infecção de neurônios e astrócitos por SARS-CoV-2 na neuroinflamação utilizando tecido neural bioimpresso

Processo: 20/11374-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2020
Vigência (Término): 31 de março de 2022
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Marimélia Aparecida Porcionatto
Beneficiário:Eduardo Henrique Backes
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:20/05289-2 - Modelagem da COVID-19 in vitro e in silico, AP.R
Assunto(s):Bioengenharia   Tecidos (anatomia)   Sistema nervoso central   Astrócitos   Neurônios   Neuroinflamação   Citocinas   Bioimpressão tridimensional   Coronavirus da síndrome respiratória aguda grave 2   Betacoronavirus   COVID-19

Resumo

Além de sérios danos ao sistema respiratório, estudos têm reportado efeitos da COVID-19 no Sistema Nervoso Central (SNC) em pacientes com infecção severa. Cerca de 30% dos pacientes com COVID-19 severa apresentam complicações neurológicas. Os principais sintomas neurológicos são dores de cabeça, crises convulsivas e distúrbio de consciência e as necropsias de indivíduos infectados apontam degeneração do tecido neural. A infecção pode resultar em complicações neurológicas graves como Encefalite Viral, Encefalopatia tóxica e doenças cerebrovasculares agudas. Pelo menos dois mecanismos podem explicar os danos no SNC: i) SARS-CoV-2 pode atravessar a barreira alveolar e alcançar a corrente sanguínea, podendo chegar ao SNC atravessando a barreira hematoencefálica, como já descrito para outros vírus; ou ii) SARS-CoV-2 poderia infectar o SNC diretamente, via neurônios olfatórios, uma vez que já foi detectado no líquido cefalorraquidiano e o transporte axonal já foi demonstrado para outros Coronavirus. Portanto, estudos dos mecanismos de invasão e suas consequências são fundamentais para avaliar os efeitos da COVID-19 no SNC. O objetivo principal deste projeto é avaliar se a infecção por SARS-CoV-2 provoca ativação de astrócitos e neuroinflamação. Para este estudo será utilizado tecido cerebral bioimpresso composto por biomaterial e h-iPSC diferenciadas em neurônios e astrócitos. Após infecção do tecido neural bioimpresso por SARS-CoV-2 a resposta astrocitária será avaliada pela quantificação da expressão de citocinas anti e pró-inflamatórias, seguida de testes de fármacos que atuam na neuroinflamação. (AU)