Busca avançada
Ano de início
Entree

Obtenção de micropartículas biopoliméricas empregando secagem por pulverização (spray drying) aplicadas ao encapsulamento de fungos entomopatogênicos.

Processo: 19/24787-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2020
Vigência (Término): 31 de agosto de 2021
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Hernane da Silva Barud
Beneficiário:Jean Carlos Ferreira Machado
Instituição-sede: Universidade de Araraquara (UNIARA). Associação São Bento de Ensino. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Fungos entomopatogênicos   Biopolímeros   Micropartículas   Spray drying

Resumo

O uso de fungos entomopatogênicos ganhou destaque como bioinseticida nasúltimas décadas. Desde então, estudos quanto a sua aplicabilidade como defensivoagrícola contra diversas espécies de artrópodes e sobre a sua durabilidade e dinâmicapopulacional dos micoinseticidas e das pragas alvo começaram a ser desenvolvidas.O processo de secagem por pulverização (Spray Drying) viabiliza omicroencapsulamento, tecnologia capaz de aumentar a durabilidade do produto àmedida que confere maior proteção contra fatores como luz, concentração deoxigênio, calor e umidade, evitando a evaporação de compostos voláteis, mascarandosabores e odores desagradáveis, garantindo uma liberação controlada, além depermitir o desenvolvimento de produtos de alto valor agregado. Nesse projeto fungosentomopatogênicos serão encapsulados pela técnica de Spray Drying partindo-se dediferentes polímeros naturais(como amido, maltodextrina e etilcelulose). As novasformulações contendo os fungos serão caracterizadas quanto às propriedadesmicromeríticas morfologia, por Microscopia Eletrônica de Varredura, quanto aestabilidade térmica, por Análise Térmica, além de avaliarmos as característicasestruturais por Espectroscopia Vibracional no Infravermelho. Ensaios de liberação dosfungos serão conduzidos, uma vez que se tenha uma formulação poliméricamicroencapsulada estável.