Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da qualidade e tempo total de sono no desempenho do passe em jogadores de futebol

Processo: 20/04282-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2020
Vigência (Término): 30 de novembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Fabio Augusto Barbieri
Beneficiário:João Pedro da Silva
Instituição Sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Actigrafia   Jogadores de futebol   Controle motor   Precisão   Biomecânica   Análise do movimento humano   Coeficiente de correlação de Pearson
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Biomecânica | Controle Motor | Dormir | Movimento humano | Precisão | Movimento Humano

Resumo

O passe é uma habilidade utilizada na maioria dos esportes coletivos. Erros de passes podem prejudicar o aproveitamento competitivo em curto e longo-prazo (ex. resultado da partida e classificação em torneios, respectivamente). Sabe-se que oscilações no sono são um dos fatores que podem impactar diretamente o aproveitamento da recuperação atlética vivenciada no período noturno. Baixos índices de recuperação podem afetar diretamente o desempenho relacionado a tomada de decisão e habilidades requeridas no futebol. Entretanto, ainda são desconhecidos os efeitos do sono no desempenho técnico neste esporte. Sendo assim, o presente estudo tem como objetivo verificar a influência da qualidade e tempo total de sono no desempenho do passe em jogadores de futebol. Vinte jogadores de futebol de campo (18-25 anos de idade) serão avaliados através de um teste previamente validado (Loughborough Soccer Passing Test - LSPT). O protocolo será monitorado por câmeras de vídeo digitais (120 Hz) para computar o tempo total para completar o teste, precisão dos passes e velocidades do pé e da bola. Durante 24h que antecederem o protocolo de campo, as atividades dos participantes serão monitoradas por actigrafia de pulso possibilitando mensurar indicadores quantitativos (hora que deitou, levantou, tempo total na cama e tempo total de sono) e a qualidade de sono (tempo total acordado após o início do sono, latência e eficiência do sono). Testes de correlação de Pearson serão realizados entre as medidas de qualidade/tempo de sono e o desempenho no LSPT, com nível de significância estatística ajustado em p < 0,05 (95%). Os resultados deste estudo poderão informar treinadores sobre o papel do sono no desempenho técnico no futebol, bem como auxiliar no estabelecimento de estratégias de higiene do sono para jogadores.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PALUCCI VIEIRA, LUIZ H.; LASTELLA, MICHELE; DA SILVA, JOAO PEDRO; CESARIO, TIAGO; SANTINELLI, FELIPE B.; MORETTO, GABRIEL F.; SANTIAGO, PAULO R. P.; BARBIERI, FABIO A.. Low sleep quality and morningness-eveningness scale score may impair BALL placement but not kicking velocity in youth academy soccer players. SCIENCE AND MEDICINE IN FOOTBALL, . (18/21091-8, 18/02965-7, 20/04282-4)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.