Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do relacionamento entre a geometria e topologia de cidades do mundo

Processo: 20/08521-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2020
Vigência (Término): 30 de setembro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação
Pesquisador responsável:Cesar Henrique Comin
Beneficiário:Rafael Bonin Pinto
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Cidades   Redes complexas

Resumo

Cidades podem ser estudadas sob os mais diversos aspectos, como por exemplo o econômico, social, político ou geográfico. A análise destes diferentes aspectos, que tendem a estar inter-relacionados, pode levar a novas diretrizes para o planejamento de melhorias de cidades. Neste projeto serão analisados dois aspectos importantes de cidades: i) a geometria de regiões delimitadas por ruas, como por exemplo quadras e parques; ii) a topologia da rede de conexões entre cruzamentos e terminações de ruas de cidades. A geometria e a topologia possuem impactos relevantes em diversas atividades de uma cidade, pois elas afetam diretamente o tráfego de veículos e de pedestres e também tendem a guiar o crescimento da cidade ao longo dos anos. Será estudado até que ponto a topologia de uma cidade é definida pela geometria, e vice-versa. Em particular, será verificado se heterogeneidades na geometria, como quadras possuindo áreas e formatos muito distintos, levam a heterogeneidades na topologia, representadas por ruas sem saída e a presença de ciclos de tamanhos distintos. Bases de dados recentes serão utilizadas para obtenção de informações de centenas de cidades de diversos países, que terão sua geometria e topologia comparadas através de métodos de teoria de redes, clusterização e análise multivariada. É esperado que os resultados obtidos auxiliem estudos sobre otimização de tráfego e serviços e que possam contribuir com o aprimoramento de modelos de crescimento de cidades.