Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo das interações estroma-leucócitos para os efeitos da acetilcolina sobre a homeostase imunológica no mesentério

Processo: 20/11408-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2020
Vigência (Término): 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Denise Morais da Fonseca
Beneficiário:Gabriela Melo da Costa Furlan
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/25364-0 - Cicatriz imunológica pós-infecção intestinal aguda e desenvolvimento de desordens metabólicas: estudo das interações entre a microbiota e sistema imunológico do mesentério, AP.JP
Assunto(s):Dieta hiperlipídica   Imunidade nas mucosas   Células estromais   Tecido adiposo   Acetilcolina   Mesentério   Homeostase

Resumo

Esta cota de bolsa esta sendo solicitada para que um bolsista de iniciação científica colabore diretamente para a conclusão de um subprojeto vinculado ao auxílio JP. Neste subprojeto, cujo objetivo principal é avaliar a participação da via colinérgica antiinflamatória sobre a inflamação do tecido adiposo e desenvolvimento de desordens metabólicas mediante consumo de dietas hiperlipídica, encontramos resultados intrigantes com relação ao papel da acetilcolina no mesentério em condições homeostáticas. Utilizamos 3 sistemas diferentes de interferência sobre a sinalização pela acetilcolina: 1) uso de animais VACHT KD (deficientes do transportador vesicular para acetilcolina, 2) tratamento com antagonista não seletivo para receptores nicotínicos deacetilcolina (mecamilamina) e 3) ablação cirúrgica no nervo vago (vagotomia cervical).Nos 3 sistemas estudados, houve uma redução significativa do número de leucócitos nomesentério, em particular nas células naïves e não ativadas, associado a um aumento napresença de todos os tipos de células efetoras, porém de maneira mais significativa paracélulas de padrão 2: eosinófilos, ILC2 e Th2. Dessa forma, o presente projeto tem como objetivo geral entender o efeito da acetilcolina sobreo estroma do mesentério e, consequentemente sobre a homeostase imunológica dosleucócitos no mesentério. Como objetivos específicos pretendemos: 1) caracterizar afração de células estromais (CD45negativas) de camundongos VACHT, vagotomizadosou tratados com mecamilamina; 2) analisar o efeito de células estromais isoladas domesentério de camundongos VACHT, vagotomizados ou tratados com mecamilamina sobre a ativação de linfócitos e ILCs isolados do mesentério; 3) avaliar o efeito do bloqueio de receptores nicotínicos sobre as co-culturas de células estromais e linfócitosinatos e adaptativos.