Busca avançada
Ano de início
Entree

Óptica não-linear e magneto-óptica em vidros e vitrocerâmicas contendo nióbio e tântalo

Processo: 20/01786-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2020
Vigência (Término): 30 de setembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Marcelo Nalin
Beneficiário:Lia Mara Silva Marcondes
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07793-6 - CEPIV - Centro de Ensino, Pesquisa e Inovação em Vidros, AP.CEPID
Assunto(s):Óptica não linear   Química de materiais   Vidro   Fotônica   Vitrocerâmica

Resumo

O desenvolvimento de materiais para a construção de redes de comunicação totalmente ópticas requer o aprimoramento de dispositivos ópticos e fotônicos integrados. Vidros óxidos contendo nióbio e tântalo são promissores para dispositivos passivos e ativos devido às suas propriedades ópticas lineares e não-lineares. Neste trabalho, vidros e vitrocerâmicas a base de germanatos e fosfatos contendo nióbio (recurso de exploração nacional) e tântalo serão estudados por apresentarem ampla janela de transmissão, altos índices de refração e propriedades ópticas superiores aos vidros silicatos convencionais. As propriedades não-lineares decorrentes da microestruturação óptica, após a irradiação dos vidros com laser de femtosegundos na região do infravermelho serão investigadas. Este estudo é promissor, uma vez que a análise das propriedades ópticas não-lineares será realizada em matrizes já otimizadas e cedidas pelo Prof. Dr. Gael Poirier da Universidade Federal de Alfenas. Além disso, a síntese e caracterização de matrizes dopadas com íons terras-raras para formação de cristais de galato de térbio paramagnéticos também é proposta, visando o estudo das propriedades luminescentes e magneto-ópticas. A síntese e caracterização das novas matrizes visando à formação de cristais de galato de térbio serão realizadas no IQ-UNESP e a investigação de propriedades não-lineares e gravação usando laser femtosegundo em colaboração com o professor Dr. Cleber Renato Mendonça na Universidade Federal de São Paulo/Campus de São Carlos e posteriormente, na França, com o professor Dr. Thierry Cardinal da Université de Bordeaux (BEPE).