Busca avançada
Ano de início
Entree

Relação da fluorescência de clorofila na germinação com o potencial fisiológico de sementes de soja

Processo: 20/09407-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2020
Vigência (Término): 30 de abril de 2022
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Clíssia Barboza da Silva
Beneficiário:Catharina Ortiz Thomazella
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/15220-7 - Métodos de análise de imagens não destrutivos para avaliação da qualidade de sementes, AP.JP
Assunto(s):Fisiologia vegetal   Tecnologia de sementes   Germinação de sementes   Fotossíntese   Clorofila   Glycine max   Soja

Resumo

O uso de técnicas computadorizadas de análise de imagens de sementes a partir do monitoramento da fluorescência de clorofila tem surgido como um método eficaz na avaliação de aspectos relacionadas ao potencial fisiológico das sementes, tornando-se alternativa promissora na superação da subjetividade dos resultados dos testes tradicionais, e da baixa reprodutibilidade entre laboratórios. Durante a germinação de sementes de soja, os cotilédones assumem papel fundamental para o desenvolvimento do eixo embrionário a partir da mobilização de reserva, e posteriormente, pelo seu papel fotossintetizante. O plano de atividades se constituirá na análise da atividade de cotilédones de soja durante a germinação por meio do monitoramento da fluorescência de clorofila visando o estabelecimento de relação com as diferenças de vigor observadas nos testes de vigor tradicionais (primeira contagem, envelhecimento acelerado com solução salina - EASS, emergência de plântulas e índice de velocidade de emergência - IVE). Serão utilizados dois cultivares, sendo cada cultivar representado por lotes de sementes com potenciais fisiológicos distintos. A pesquisa será conduzida em duas épocas experimentais, com intervalo de seis meses. A fluorescência de clorofila será determinada pelo equipamento Sistema de Imagem SeedReporter Camera Spectral & Colour, concedido no auxílio à pesquisa Jovem Pesquisador (Processo Fapesp nº 2017/15220-7). Inicialmente, as medições da fluorescência de clorofila serão realizadas visando a detecção de possíveis sementes esverdeadas, que afetam o vigor dos lotes. Em seguida, será feito o monitoramento da fluorescência de clorofila e da eficiência fotossintética dos cotilédones durante a germinação. A principal contribuição cientifica esperada com a presente proposta de pesquisa é o desenvolvimento de marcadores baseados em análises computadorizadas de imagens com estudos de fluorescência de clorofila na germinação, visando a determinação do vigor de sementes de soja de forma rápida e objetiva. (AU)