Busca avançada
Ano de início
Entree

Coordenação intermembros e assimetria durante giro de 180° (turning) em pessoas com doença de parkinson: uma análise exploratória relacionada a atividade cortical

Processo: 20/01250-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 08 de outubro de 2020
Vigência (Término): 05 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Fabio Augusto Barbieri
Beneficiário:Fabio Augusto Barbieri
Anfitrião: Joao Manuel Ribeiro da Silva Tavares
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidade do Porto (UP), Portugal  
Assunto(s):Assimetria   Controle motor   Doença de Parkinson

Resumo

Andar em um ambiente complexo, como quando há necessidade de realizar um giro de 180° durante a caminhada, pode prejudicar a coordenação inter e intra membros e afetar a assimetria da marcha, especialmente em pessoas com doença de Parkinson (DP), as quais apresentam déficits nas estruturas neuronais. Além disso, a atividade cortical pode desempenhar um papel essencial no giro de 180° devido aos déficits na área central do cérebro causados pela DP, o que pode causar assimetria nesta tarefa. Portanto, o principal objetivo deste estudo é analisar a coordenação inter e intra membros entre o membro menos afetado e mais afetado pela DP durante o giro de 180° em termos dos ângulos articulares e da atividade cortical em pessoas com DP. Os objetivos específicos deste estudo são compreender a assimetria na coordenação inter e intra membros durante o giro de 180° em pessoas com DP e analisar a relação entre a assimetria na coordenação inter e intra membros e a atividade cortical durante o giro de 180° em pessoas com DP e indivíduos neurologicamente saudáveis. Quinze pessoas com DP e 15 idosos (controles) pareados por idade e sexo serão recrutados. Eles serão instruídos a caminhar, em sua velocidade preferida, e realizar um giro (180°) em um cone. O participante realizará 10 tentativas de giro de 180° para cada lado em uma ordem aleatória. A coordenação inter e intra membros será analisada calculando a fase relativa dos ângulos articulares dos membros superiores, quadril, joelho e tornozelo de cada lado do corpo. O cálculo das variáveis dependentes de amplitude da voltagem e média de potência espectral e a conectividade entre as áreas do cérebro (córtex pré-frontal, córtex motor, lobo parietal e occipital), de acordo com as bandas de frequência, serão realizadas para análise da atividade cortical. O conhecimento sobre a assimetria na coordenação inter e intra membros pode fornecer uma base teórica para responder a perguntas clínicas sobre como o sistema de controle de movimento se ajusta para casos específicos, e também sobre como ocorrem as alterações na marcha e que mudanças devem ser observadas durante a análise de movimento em pessoas com DP.