Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel fisiológico do níquel no metabolismo do nitrogênio e antioxidante em variedades de cana-de-açúcar.

Processo: 20/07263-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2020
Vigência (Término): 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:André Rodrigues dos Reis
Beneficiário:Mateus Vendramini Rampazzo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Engenharia. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Tupã. Tupã , SP, Brasil
Assunto(s):Fitotecnia   Metabolismo   Nitrogênio   Urease   Cana-de-açúcar

Resumo

A cultura da cana de açúcar (Saccharum officinarum) é de extrema relevância para a economia brasileira. O Brasil, é o maior produtor e exportador de açúcar e o segundo maior produtor e exportador de etanol no mundo. O metabolismo do nitrogênio (N) é fundamental para cultura da cana-de-açúcar, pois é através da absorção do nitrogênio que são formadas proteínas que participam dos processos metabólicos nas células, desempenhando papel funcional e estrutural para o crescimento da planta. O níquel (Ni) écofator da uréase e atua ativamente no metabolismo do nitrogênio e antioxidante das plantas. Desse modo, este trabalho objetiva avaliar o papel fisiológico do Ni no metabolismo oxidante pela quantificação de espécies reativas de oxigênio e enzimas do sistema antioxidante como superóxido dismutase, catalase, ascorbato peroxidase eglutationa redutase. Além disso, será avaliado enzimas do metabolismo do nitrogênio como redutase do nitrato e urease e a concentração de ureia no tecido vegetal em resposta a doses de Ni. O trabalho tem a hipótese de que o Ni pode aumentar a atividade de enzimas do ciclo nitrogênio além de aumentar o sistema antioxidativo em variedades de cana-de açúcar. Plantas com maior eficiência do uso do nitrogênio pode apresentar maior capacidade fotossintética, consequentemente acarretará no maior acúmulo de sacarose em diferentes órgãos da planta. Será avaliado também os compostos primários tais como nitrato, amônia, aminoácidos totais, sacarose e açúcares totais em plantas tratadas com diferentes concentrações Ni. Não há na literatura recomendações de aplicação de Ni na cana-de-açúcar. O presente trabalho pode gerar informações muito importantes para nortear recomendações de Ni baseado em respostas fisiológicas da cana-de-açúcar que possivelmente podem tornar-se futuras recomendações em condições de campo.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)