Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da expressão de NOX-1 como indicador da influência do DDVP sobre o estresse oxidativo na próstata de ratos submetidos à indução química por MNU

Processo: 19/20679-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2021
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Sérgio Pereira
Beneficiário:Eleonora Malavolta Pizzo
Instituição Sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Anatomia patológica   Neoplasias da próstata   Estresse oxidativo   Transformação celular neoplásica   Diclorvós   Modelos animais de doenças
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Câncer de Próstata | diclorvos | Estresse oxidativo | Carcinogênese Experimental

Resumo

O câncer de próstata atinge grande parte da população humana masculina mundial. Diversos fatores podem levar a ocorrência dessa neoplasia através de lesões prostáticas que alteram características e funções da próstata, tais como traumas físicos e urinários, agentes infecciosos, hábitos alimentares, mutações genéticas e variações hormonais. Os praguicidas organofosforados são amplamente utilizados na agricultura devido à sua eficiência na produção, no entanto, representam grande risco ao meio ambiente e à saúde de diversos organismos. O diclorvós (DDVP) é um praguicida organofosforado que possui potencial mutagênico e pode atuar como desregulador endócrino capaz de alterar a homeostase endócrina via receptores de andrógeno (AR) ou via receptores de estrógenos (ERs), promovendo diversas alterações endócrinas e reprodutivas, dentre elas o estresse oxidativo e câncer de próstata. Diante disso, o estudo das espécies reativas de oxigênio (EROs) torna-se essencial para entender os mecanismos do estresse oxidativo no desenvolvimento de lesões prostáticas. Assim, o presente trabalho tem por objetivo analisar a expressão das espécies reativas de oxigênio (EROs) na próstata de ratos submetidos à indução química por MNU associada ao praguicida diclorvós (DDVP).

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)