Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da produção de biogás em reatores anaeróbios alimentados com resíduos alimentares e glicerol bruto

Processo: 20/04360-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2020
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química
Pesquisador responsável:Lorena Oliveira Pires
Beneficiário:Arthur Ivers Braga
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Tratamento de águas residuárias   Resíduos alimentares   Biodiesel   Biogás   Metano   Glicerol   Reatores   Monitoramento

Resumo

O crescente olhar global dirigido para questões ambientais tem trazido à tona diversas questões e problemas, como poluição e questões energéticas renováveis, devido a impactos naturais e aumento de consumo. Com isso, os combustíveis renováveis ganharam visibilidade e aumento em sua demanda. Um exemplo é o biodiesel, já produzido em larga escala no país e em vários outros países, pela transesterificação. Este processo, além de gerar o combustível, também produz quantidades grandes de glicerol, um álcool que acaba por ser um problema ambiental e econômico devido ao surgimento de excedente desta substância, mesmo que usada na indústria farmacêutica, alimentícia etc. Junto a isso, outro grande problema ambiental enfrentado são os resíduos sólidos, como os orgânicos alimentares, que são muitas vezes mal reaproveitados, produzidos em abundância diariamente, que podem poluir mananciais e trazer problemas como vetores de doenças. Sendo assim, uma boa e viável alternativa para minimizar e/ou contornar estes problemas é a digestão anaeróbia, que utiliza microrganismos adaptados, em ambiente isento de oxigênio, para degradar a matéria orgânica em seu metabolismo, produzindo outros compostos de interesse, como metano (biogás) e outros elementos inorgânicos. O presente projeto possui como principal objetivo a quantificação de biogás produzido durante o processo de digestão anaeróbia de resíduos alimentares co-digeridos com glicerol bruto, oriundo da produção do biodiesel. Isto se dará por alimentações em diferentes proporções de ambos os resíduos no reator, bem como o monitoramento do consumo da matéria orgânica e do glicerol pelas bactérias.