Busca avançada
Ano de início
Entree

Eventos climáticos extremos no Grande ABC: identificação via índice padronizado de precipitação, condições oceânicas associadas e impactos socioambientais

Processo: 20/09548-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2020
Vigência (Término): 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Anita Rodrigues de Moraes Drumond
Beneficiário:Marina de Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Assunto(s):Ciências atmosféricas   Mudança climática   Dinâmica climática   Eventos climáticos extremos   Pesquisa bibliográfica   Análise socioambiental

Resumo

As mudanças climáticas globais, revelam alterações na dinâmica climática e na interação oceano-atmosfera na escala regional. O aumento da intensidade e frequência de eventos extremos úmidos e secos são observados nos municípios próximos à Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), que compreendem o Grande ABC: Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano, Diadema, Mauá, Rio Grande da Serra e Ribeirão Pires. Além dos impactos sociais ocasionados pelos eventos extremos, o Grande ABC possui importânciaeconômica para a RMSP, no abastecimento hídrico e no setor industrial. O objetivo dotrabalho é analisar os eventos climáticos extremos da região do Grande ABC ocorridos no período entre 2001 e 2019 através do cálculo do índice SPI (em português, Índice Padronizado de Precipitação), de natureza multiescalar (1,3,6 e 12 meses) recomendado pela Organização Meteorológica Mundial para o estudo de extremos climáticos relacionados à precipitação. Os dados mensais de precipitação são de altíssima resolução (~10 km )estimados a partir de satélites e provenientes do projeto Integrated Multi-satellite Retrievalsfor Global Precipitation Measurements (GPM-IMERG), com que cobertura espaço-temporal regular. Os eventos serão identificados e classificados pelos parâmetros: severidade, duração, intensidade e pico. Analisando as condições climáticas associadas e a ocorrênciadestes episódios, serão investigadas possíveis relações entre eventos extremos e as anomalias oceânicas dos fenômenos El Niño-Oscilação Sul e Dipolo Subtropical do Atlântico Sul. Além disso, se propõe a realização de estudo de casos selecionados a partir de critérios de severidade do evento para SPI-12 com revisão bibliográfica de relatórios oficiais.